BAHIA, Salvador - O Palacete das Artes, espaço administrado pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), recebe, no bairro da Graça, em Salvador, a exposição 'Fartura e Abundância', da artista plástica Eliana Kertész.


Foto: divulgação

A mostra, com entrada gratuita, estreia dia 18 de dezembro para o público e fica em cartaz até 8 de março de 2020.

As esculturas das meninas tornaram-se referência na capital baiana, não havendo morador ou turista que já não tenha ouvido pelo menos uma vez: “me encontre ali na rua das Gordinhas”. As obras, que têm o nome de “Meninas dos Brasil”, estão localizadas na Rua Adhemar de Barros, em Ondina, e são a marca da escultora Eliana Kertész. A curadoria da mostra fica a cargo do artista multimídia Gringo Cardia. “É um desejo que todo mundo conheça melhor a autora de obras que são uma marca de Salvador. A memória tem que ser cultivada através de exposições e é o meu papel ser o tradutor para mostrar a arte dessa escultora para o público”, diz Gringo.

A vida de Eliana Kertész foi marcada pelo seu caráter ousado, político e revolucionário e isso se refletiu na sua obra. A artista faleceu em março de 2017, mas deixou um legado que vai estar disponível na exposição. A baiana de Conceição da Feira e que depois veio a se tornar a vereadora mais votada de Salvador será retratada na exposição com todo seu caráter ousado, político, revolucionário, de quem esculpiu na contramão do padrão estético. Na mostra o público vai conhecer a intimidade da escultora. A visitação começa numa representação do ateliê da artista, com objetos pessoais, fotos e moldes, o local onde ela se inspirava. “O público vai ver como era sua cabeça e depois ver sua obra e assim perceber que a obra é a extensão da pessoa”, conta Gringo.

Cada obra de Eliana tem uma personalidade diferente. São obras que apresentam emoções e temperamentos e o público vai se surpreender e entrar nessa viagem de personagens que se misturam com a própria vida da artista. “O desejo de Eliana era que as pessoas interagissem com suas obras, que elas ficassem públicas e ganhassem as ruas”, pontua Cardia. E essa interação está presente na exposição. Logo após a visita ao ateliê, os visitantes se deparam com algumas peças gigantes, onde podem tirar fotos. Depois têm os originais, para olhar, sem tocar e o público vai perceber a diferença de escalas. A mostra ainda conta com peças em alto-relevo e uma “gordinha”, na qual todos vão poder abraçar e tirar a famosa selfie. “São ambientes diferentes para o público ter uma viagem sensorial, para imergir no espaço, obra e ambientação. Eu quero que as pessoas vejam a grandiosidade do trabalho artístico de Eliana”, conclui Gringo.

A mostra também conta com vídeos com depoimentos de pessoas que fizeram parte da vida de Eliana. Filhos, amigos, artistas que contam histórias, curiosidades, inspirações e detalhes da artista. São pessoas e percepções diferentes que mostram lados, olhares que apontam quem foi a escultora e a aproxima do público. A Exposição Eliana Kertész - Fartura e Abundância tem o patrocínio da Prefeitura Municipal de Salvador, Lexus, Battre, Instituto Solví, Shopping da Bahia e Governo do Estado da Bahia e apoio do Ipac e Secretaria de Cultura do Governo da Bahia.

O Palacete das Artes é um equipamento vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC)/ Secretaria de Cultura/Estado da Bahia. Funciona de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. Mais informações no tel. 71 3117-6987.

Serviço
Exposição: 'Eliana Kertész – Fartura e Abundância'
Local: Palacete das Artes, R. da Graça, 284 - Graça, Salvador - BA,
Período:, de terça-feira a domingo 18 de dezembro de 2019 a 8 de março de 2020
Funcionamento: Terça a sexta: 13h às 19h.
Sábado, domingo e feriados: 14h às 18h.
Valor: Gratuito

Fonte: Secult BA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31