BAHIA, Salvador - As Bibliotecas Públicas do Estado, vinculadas à Fundação Pedro Calmon/SecultBA, homenageiam no mês de março o Dia Internacional da Mulher (8).

Foto: Rosilda Cruz

Com atividades como contações de histórias, oficinas de arte, exposições, cine vídeo e debates sobre o tema, o público poderá apreciar, gratuitamente, várias ações que envolvem a leitura, as artes e a escrita.

Dentre os destaques da programação, está a temática sobre o empoderamento feminino. A Biblioteca Infantil Monteiro Lobato (BIML/Nazaré), promove na sexta-feira (15), às 11h, o Desfile Mulher: de Colete ou de Batom. Já a Biblioteca Juracy Magalhães Jr, do Rio Vermelho realiza a I Feira de Empreendedorismo Feminino Intercultural, no sábado (30). O evento tem como objetivo mostrar os negócios liderados por mulheres.

Outro destaque da programação fica por conta da palestra Nascer nas Prisões, que acontece na Biblioteca Anísio Teixeira (BAT/ Pelourinho), na quinta-feira (14), às 14h30. A palestra vai abordar o cenário penitenciário brasileiro, no que tange os aspectos das mulheres privadas de liberdade.

A Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB/Barris) recebe o Seminário da Mulher com Deficiência, na quinta-feira (14), às 14h. O evento, que tem a parceria com a Associação Baiana para Cultura e Inclusão (Abaci), tem como tema a visão do cenário empregatício para a mulher com deficiência.

E a Biblioteca Juracy Magalhães Júnior de Itaparica realiza uma roda de conversa sobre gênero e estereotipo: lugar de mulher é onde ela quiser. O evento acontece na terça-feira (12), às 15h, e serão convidadas mulheres da comunidade que se destacam pela sua atuação no contexto social e político.

Exposições – A Biblioteca Central do Estado da Bahia (BCEB/Barris) leva ao público a mostra Não me dê flores e sim respeito. Que traz apresentações de livros, cds, vinis, revistas e cartazes sobre personalidades femininas marcantes na luta pela igualdade de direito entre os gêneros.

Outra exposição da BCEB, em homenagem as mulheres, é Amélia Rodrigues: A Paladina do Lar - 1910 a 1917. O título da exposição é baseada numa revista feminina que circulou na cidade de Salvador entre 1910 a 1917 e se destacou por ter sido um dos primeiros periódicos impressos voltado ao universo feminino.

Já a Biblioteca Juracy Magalhães Junior (BJMJr/Rio Vermelho) oferece a exposição cultural: Nildinha Fonseca – Rainha Guerreira. A mostra retrata através de fotografias, cartazes, figurinos, revistas e documentos da personagem que é considerada uma ativista nos movimentos negros, afro-feministas e artísticos do estado. E para a criançada, a Biblioteca Infantil Monteiro Lobato (BIML/Nazaré) expõe a Gibiteca Março com Luluzinha, que é uma personagem feminina de histórias em quadrinhos e desenhos animados norte-americanos.

Confira a programação completa do Projeto Março Mulher clicando aqui!

Fonte: Secult BA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31