MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Dedicada a um dos maiores mestres da pintura brasileira do século XX, a Semana Guignard, que ocorre anualmente, será realizada entre os dias 22 e 28 de junho.

Promovida pelo Museu Casa Guignard, que integra a Diretoria de Museus da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e está sediado em Ouro Preto (MG), a Semana Guignard terá suas atividades inteiramente virtuais em sua 10ª edição, em decorrência da pandemia do coronavírus.

Além de uma exposição virtual, o evento terá live-palestra sobre a vida e obra de Alberto da Veiga Guignard e uma live musical com a dupla Maurinho Sabino e Ramon Gomes, de Ouro Preto. Esta readequação das metodologias de comunicação dos museus evidencia a capacidade das instituições de se adaptarem a uma nova forma de difusão de seus conteúdos.

A programação da 10ª Semana Guignard tem início na próxima segunda-feira (22/6), com a publicação de conteúdos, nas redes sociais do Museu, da exposição virtual “Guignard Virtual – obras da coleção Priscila e Alberto Freire”. A exposição virtual será composta por uma série de sete publicações nas páginas do Facebook e Instagram, sendo uma por dia, ao longo da semana, apresentando ao público parte das obras de autoria de Guignard que compõem a coleção do casal de colecionadores Priscila e Alberto Freire.

Priscila Freire foi amiga de Guignard e, juntamente com o seu marido (já falecido), reuniu uma expressiva coleção de objetos de arte que inclui 18 obras de Guignard, dentre desenhos e pinturas. Priscila Freire foi responsável pela inauguração do Museu Casa Guignard, em 1987, além de ter sido superintendente de Museus, diretora do Museu de Arte da Pampulha e coordenadora do Sistema Nacional de Museus, na gestão do ministro Celso Furtado. Alberto Freire era médico e empresário, tendo sido responsável pela implantação da técnica da hemoterapia em Minas Gerais.

No dia 22/6 também haverá uma live-palestra no perfil do Museu Casa Guignard no Instagram, com Adriano Gomide, diretor da Escola Guignard. A palestra será transmitida às 19h, mediada por Wanalyse Emery, coordenadora do Museu. A live-palestra abordará aspectos da vida e trajetória artística do pintor Alberto da Veiga Guignard, além de tratar das obras da coleção Priscila e Alberto Freire.

No sábado seguinte (27/6), haverá a live musical com a dupla Maurinho Sabino e Ramon Gomes, também no Instagram do Museu Casa Guignard, a partir de 19h. A proposta é celebrar uma festa junina em homenagem a Guignard, pintor que utilizava como um dos temas centrais de suas obras as festas de São João, levando alegria e diversão ao público neste momento delicado de reclusão e confinamento social. Maurinho Sabino (voz e violão) e Ramon Gomes (percussão) farão interpretações de gêneros musicais tradicionais das noites de São João, como o xote, o baião, o arrasta-pé e o xaxado.

Museu Casa Guignard
Localizado no coração do centro histórico de Ouro Preto, o Museu Casa Guignard foi inaugurado em 1987 com o intuito de reunir, conservar e exibir obras de Alberto da Veiga Guignard (Rio de Janeiro, 1896 – Belo Horizonte, 1962), um dos maiores pintores brasileiros do século XX.

A edificação em que o Museu está instalado é datada do início do século XIX e compreende, em seu interior, um acervo formado por pinturas, desenhos, fotografias e documentos textuais relacionados à vida de Guignard. Merecem destaque no acervo o conjunto de retratos executados pelo artista e a coleção de Cartões de Guignard para Amalita, confeccionados entre os anos de 1932 e 1937.

O Museu desenvolve um programa de ações educativas inspirado nas lições e experiências de Guignard como professor. Uma dessas ações é o projeto Passos de Guignard, que demarca e explora os locais da cidade onde o artista produziu grande parte de suas obras.

Alberto da Veiga Guignard
Alberto da Veiga Guignard nasceu em Nova Friburgo (RJ), em 1896, e faleceu em Belo Horizonte, em 1962. O artista estudou na Europa e, na década de 1930, atuou intensamente no Rio de Janeiro. Em 1944, convidado pelo então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek, criou a Escola Guignard, pertencente ao Governo do Estado.

Guignard foi responsável por mudar as perspectivas da criação artística em Minas Gerais. É considerado um dos maiores pintores e desenhistas brasileiros do século XX. Encantado pela paisagem das cidades históricas de Minas, especialmente Ouro Preto, mitificou o tema em uma série de pinturas e desenhos que o projetaram nacional e internacionalmente.

10ª Semana Guignard
22 a 28 de junho de 2020
Museu Casa Guignard
Facebook: /museucasaguignard.mg
Instagram: @museucasaguignard
Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fonte: Secult MG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31