RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Vila Olímpica para os Jogos do Rio de Janeiro foi aberta neste domingo (24) para os atletas. Os primeiros a se hospedar no local foram partes das delegações da Itália, Israel, Alemanha, Nova Zelândia, Austrália, Polônia, China, Togo, Japão, Canadá - além de algumas equipes brasileiras.

Porém, o que roubou a cena foi uma nota divulgada pelo Comitê Olímpico Australiano, através de sua chefe de delegação, Kitty Chiller.

"Por causa de vários problemas na Vila, incluindo gás, eletricidade e encanamento, eu decidi que nenhum membro da delegação australiana vai entrar em nosso prédio", escreveu Chiller. Os atletas do país, pelos próximos três dias, devem ficar hospedados em hotéis próximos à Vila.   

Os australianos afirmam que em seu prédio, o 23, há vasos sanitários que não funcionam, fiação exposta, muita sujeira de obra e problemas de iluminação, especialmente nas escadas. Chiller ainda afirma que os britânicos enfrentam problemas semelhantes em sua habitação.    

O Comitê da Rio 2016 não falou sobre os problemas, mas informou que operários trabalharam sem parar para tentar consertar as falhas de estrutura. Além disso, as delegações da Itália, Holanda e Estados Unidos, que verificaram os locais antes da abertura, optaram por pagar operários próprios para adequar as instalações.

Fonte: ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31