SÃO PAULO, Itu - Enquanto o espaço físico do FAMA Museu - Fábrica de Arte Marcos Amaro, instituição sediada em Itu, no interior de São Paulo - está fechado em função da pandemia do Covid-19, a instituição promove uma série de ações e atividades culturais, artísticas e educativas em suas redes sociais (Instagram/ FamaMuseu e Facebook/ FamaMuseu ).


'Se vende', 2008, Carmela Gross | Foto Mônica Ogaya

O público pode conhecer mais sobre o acervo extenso do Museu por meio de vídeos com os curadores Ricardo Resende e Ana Carolina Ralston. Ambos comentam trabalhos que integram a coleção e apresentam trajetórias dos artistas na série #ObrasComentadas.

Para testar os conhecimentos sobre as obras e os artistas, o público é convidado a interagir no #QuizFAMA propõe, no Instagram Stories. Já a ação #tbt (do inglês "throw back Thursday") relembra por meio de fotos ou vídeos exposições e eventos emblemáticos na história do Museu.

O #EducativoFAMA reúne materiais sobre processos de pesquisa e investigação, baseados nos artistas e nas obras que compõem o acervo. O conteúdo é apresentado de forma didática, com imagens e textos sucintos pelos educadores do Museu. Outra proposta para ajudar a preencher o tempo com bom conteúdo é o #FAMAéCultura, que traz indicações de livros, filmes e documentários, feitas pelos membros da equipe do FAMA. Ações lúdicas e poéticas para a família ficam a cargo do #Faminha, que apresenta oficinas e atividades para crianças.

Sobre o FAMA Museu
Situado em Itu, a 100 km da capital paulista, o FAMA Museu - Fábrica de Arte Marcos Amaro está localizado em uma área de 25 mil metros quadrados, onde, no século XX, funcionou a Fábrica São Pedro, importante polo da indústria têxtil, com relevância histórica e cultural para a região.

Inaugurado em 2018, o Museu abriga ateliês, ocupações, salas e áreas ao ar livre para a realização de performances, residências artísticas, exposições individuais e coletivas, com o objetivo de incentivar a criação artística contemporânea, investigar os caminhos da arte e possibilitar ao público o acesso ao acervo do colecionador e artista Marcos Amaro.

A coleção reúne mais de 1.600 obras entre pinturas, desenhos, gravuras, esculturas e instalações de nomes como Portinari, Tarsila do Amaral, Nelson Leirner, Leda Catunda, Cildo Meireles, Tunga e Aleijadinho.

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30