DISTRITO FEDERAL, Brasília - Em medida de precaução e controle dos riscos decorrentes da doença causada pelo novo Coronavírus (Covid-19), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) estabelece, a partir da Portaria 175 de 18 de março de 2020, a suspensão do atendimento presencial ao público externo e a adoção do trabalho remoto para todos os servidores, empregados públicos, estagiários, colaboradores e prestadores de serviços da instituição pelos próximos 15 dias.

A medida segue as orientações de se evitar contaminações de grande escala, com a redução máxima do risco de contaminação e transmissão, e a declaração da Organização Mundial de Saúde (OMS), que caracteriza a contaminação pelo Covid-19 como pandemia. Assim, todos os serviços de atendimento ao público ficam suspensos a partir dessa quinta-feira, 19 de março, e passam a ser desempenhados em regime de trabalho remoto, por meio da utilização dos serviços de tecnologia da informação, tais como SEI e correio eletrônico.

Vale destacar que todas as unidades do Iphan em território nacional seguem a determinação, de modo que ficam com atividades suspensas todos os centros culturais, arquivos, bibliotecas e unidades especiais da instituição. Os serviços de protocolo serão disponibilizados por meio virtual, mediante uso de endereço eletrônico do protocolo de cada unidade. Quando se fizer necessário o recebimento de documentação em meio físico, o interessado deverá agendar previamente a data e horário, por meio destes mesmos endereços eletrônicos.

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31