DISTRITO FEDERAL, Brasília - Na próxima quinta-feira, 30 de junho, a comunidade de Goiás recebe mais uma obra totalmente recuperada: a Diocese e a instalação Arquivo Diocesano Dom Tomás Balduíno.

A cerimônia de entrega, marcada para as 18h30 no próprio imóvel, contará com a presença do governador de Goiás, Marconi Perillo, do ministro da Cultura, Marcelo Calero, e da presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, acompanhada pelo diretor do PAC Cidades Históricas, Robson de Almeida, pela superintendente do Iphan-GO, Salma Saddi, e pela prefeita da cidade de Goiás, Selma Bastos.

Com recursos do Programa foram investidos R$ 1,33 milhão nas obras de restauração do arquivo. O projeto incluiu a reestruturação do espaço externo para abrigar as instalações de um novo centro de pesquisa para a comunidade e também contextualizou o imóvel em seu ambiente urbano, evidenciando sua contemporaneidade. Desse modo, foram efetivadas ações como o posicionamento de um novo bloco, afastado do muro limite e próximo do edifício central, e a criação de acessos diferenciados para o público externo e interno.

Entre os arquivos da Diocese constam documentos de valor histórico como batismos, casamentos e óbitos dos séculos XVIII, XIX e XX, disponíveis para consulta pública. Com as obras, também fará parte do Arquivo Diocesano a documentação relativa ao bispado de Dom Tomás Balduíno, incluindo arquivos do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e da Comissão Pastoral da Terra. Este acervo encontra-se atualmente no Instituto de Pesquisas e Estudos Históricos do Brasil Central (IPEHBC), da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Goiás. Já catalogado e higienizado nas condições ideais, o acervo será transferido às novas instalações da Diocese de Goiás e também será aberto à consulta pública.

O imóvel da Diocese está inserido no Conjunto Arquitetônico e Urbanístico da cidade de Goiás, tombada pelo Iphan em 1978. Foi ainda em 1932, que a antiga Prelazia de Sant’Ana recebeu das autoridades eclesiásticas a elevação ao status de arquidiocese e sede metropolitana. Com a transferência da capital do Estado para Goiânia, a Arquidiocese foi extinta, passando então à Diocese de Santana de Goiás, pertencente à província eclesiástica de Goiânia.

PAC Cidades Históricas
O PAC Cidades Históricas está sendo implantado em 44 cidades de 20 estados da federação. O investimento em obras de restauração é de R$ 1,6 bilhão, destinado a 425 obras de restauração de edifícios e espaços públicos. Em Goiás já foram entregues duas obras: o Casarão da Escola de Artes Veiga Valle e a Ponte da Cambaúba. Atualmente mais três obras estão em andamento na cidade, a restauração do Mercado Municipal, o Cine Teatro São Joaquim e a sede da Prefeitura Municipal.

Serviço:
Entrega das obras de requalificação da Diocese e instação do Arquivo Diocesano Dom Tomás Balduíno
Data: 30 de junho de 2016, às 18h30
Local: Diocese de Goiás - R. Joaquim Rodrigues, s/n, Cidade de Goiás – GO

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31