CEARÁ, Fortaleza - O Governador Camilo Santana assinou na última quarta-feira (27), em solenidade no Palácio da Abolição, a Mensagem que encaminha para Assembleia Legislativa o Projeto de Lei instituindo '2019 – O Ano Cultural Sérvulo Esmeraldo'.

Foto: divulgação/Secult CE

Um momento para celebrar a vida, a obra e o legado de um mais importantes artistas do Brasil. O ato, em alusão aos 90 anos de Sérvulo comemorados no dia 27 de fevereiro, abre as comemorações do calendário cultural: uma programação alusiva que seguiu durante a quarta-feira com evento, gratuito e aberto ao público, no Cineteatro São Luiz, às 19h, com cerimonial celebrativo, apresentação musical e a exibição do documentário “Sérvulo Esmeraldo: o espaço no infinito” (produzido pelo Cine Group).

A solenidade, no Palácio da Abolição, contou com as presenças da viúva de Sérvulo Esmeraldo, Dodora Guimarães; dos secretários Fabiano Piúba (Cultura) e Élcio Batista (Casa Civil); do presidente da Assembleia Legislativa, Dr. Sarto; além de demais autoridades, familiares e amigos. “Fiz questão de fazer esse ato em reconhecimento da história do nosso querido Sérvulo. Fazer de 2019 o Ano Cultural do Sérvulo é uma forma de reconhecer seu trabalho. Ele é um exemplo de talento, de estímulo. Quero fazer ainda muitas homenagens a ele”, afirmou o governador Camilo Santana.

A ação presta homenagem in memoriam para Esmeraldo, um artista pioneiro; inventor reconhecido nacionalmente e internacionalmente como desenhista, escultor, gravador, ilustrador e pintor cearense. Sérvulo sempre foi preocupado em difundir a cultura no Estado do Ceará e fez uso de seu prestígio como artista internacional, agindo em defesa da política cultural, bem como da classe artística.

“Tudo começou no Crato. Sérvulo Esmeraldo sempre dizia isso. Essa data de hoje é importante. Ao tempo que celebramos os 90 anos de Sérvulo, temos aqui também o governador instituindo o Ano Cultural. Isso significa que até o dia 27 de fevereiro de 2020, teremos uma vasta programação com exposições, oficinas, mostras. E viva Sérvulo, sua obra”, diz Fabiano Piúba, Secretário da Cultura.

Emocionada, Dodora Guimarães, artista e companheira de Sérvulo, celebrou esse momento, agradeceu e reverenciou a obra e vida. “Isso anima não só a família do Sérvulo, mas toda uma juventude, todos que acreditam no futuro melhor”, finaliza.

A mensagem, que encaminha o Projeto de Lei instituindo “2019 o Ano Cultural Sérvulo Esmeraldo, segue agora para a Assembleia Legislativa, para apreciação. Para acompanhar a programação do Ano Sérvulo Esmeraldo, mais informações no site da Secult: www.secult.ce.gov.br.

Sobre Sérvulo Esmeraldo
Ednaldo Santana Santos, conhecido como Nadinho do Congo, fundador e uma das lideranças do bloco, recebeu esta missão dada por Ogum para dar continuidade ao trabalho iniciado nos meados do século XIX no Engenho Velho de Brotas. Depois de pausas e interrupções ao longo da história, em 1979, o afoxé Filhos do Congo é fundado, na Baixa do Curuzú, saindo pela primeira vez no Carnaval de 1980. Atualmente, a agremiação é sediada na Fazenda Grande IV, Cajazeiras, e presidida por Lindinalva Silva.

Fonte: Secult CE

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31