CEARÁ, Fortaleza - No próximo dia 21, quarta-feira, a obra 'Cidade em Festa', tríptico do artista cearense Antonio Bandeira (1922–1967), retorna à coleção do Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará (MAUC).

O painel passou por um minucioso processo de restauro, que se estendeu por oito meses. A iniciativa foi apoiada pela galeria Almeida e Dale, parceira da Federal do Ceará (UFC). Aberta ao público, a cerimônia de entrega ocorre às 15h.

A restauração foi realizada no Rio de Janeiro e assinada pela especialista Denise Guiglemeti e Wallace Alonso Guiglemeti. Cidade em Festa é um óleo sobre tela de 1961, que possui grandes proporções: são mais de 5 metros de largura e 2 metros de altura. Antes de ser reparada, a peça apresentava problemas estruturais.

Foto: divulgação

Muito fino, o tecido da tela possuía uma série de rasgos nas bordas. No processo de restauro, o painel ganhou reforço de um tecido sintético, colado em seu verso, mantendo a transparência da assinatura do artista. O chassi de madeira foi substituído por um de alumínio, mais resistente.

Também foram realizadas limpezas em manchas ocasionadas pela umidade. A pintura ganhou ainda uma série de pequenos retoques, realizados com tinta específica para restauração. Antes disso, foi aplicado verniz para a saturação das cores. Com isso, a obra voltou a ganhar os aspectos de seu estado original, tal como foi concebida por Bandeira.

"Os artistas entregam em vida algo que deve ser eternizado. O restauro da obra de Bandeira, um dos mais importantes artistas do Ceará, é uma de nossas formas de contribuir com a legitimação da arte brasileira", diz o galerista Antonio Almeida.

Participam da cerimônia Henry Campos, reitor da UFC; Pedro Eymar e Graciele Siqueira, diretor e museóloga do MAUC; Antonio Almeida e Denise Mattar, galerista e curadora da Almeida e Dale, e ainda a restauradora Denise Guiglemeti.

Parceria
Entre os anos de 2016 e 2017, a galeria Almeida e Dale realizou a exposição Raimundo Cela - Um mestre brasileiro, que homenageou outro dos mais importantes pintores e gravuristas cearenses. A mostra, que teve curadoria de Denise Mattar, passou pelo Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Álvares Penteado (MAB FAAP), em São Paulo; pelo Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), no Rio de Janeiro, e encerrou sua itinerância no Dragão do Mar, centro cultural vinculado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.

Parte dos trabalhos expostos ao longo do percurso da exposição foi emprestada pela UFC, pelo Governo do Estado do Ceará e ainda pelo Dragão do Mar. Como contrapartida, a galeria realizou o restauro da obra de Bandeira e ainda de um painel de Raimundo Cela, Catequese. Este trabalho integrou, inclusive, a última das paradas da itinerância.

Sobre Antonio Bandeira
Pintor, desenhista e gravador influenciado pelo expressionismo, Bandeira retrata, no começo de sua carreira, aspectos dramáticos da vida nos subúrbios de Fortaleza. Foi uma figura importante na fundação do Centro Cultural de Belas Artes e dois anos depois da Sociedade Cearense de Belas-Artes, que foram importantes para mobilizar as artes visuais cearenses.

Contemplado com uma bolsa de estudos, viaja para Paris em 1946, cidade onde passa longas estadias até o fim de sua vida. Em busca de uma arte que fosse além do ensino da academia, Bandeira larga os estudos e passa a participar de reuniões de artistas como Camille Bryen (1907 - 1977) e Wols (1913-1951). Formam o grupo BanBryols que, embora de duração efêmera, tem presença significativa na história da pintura abstrata – os quadros produzidos por ele nessa época o consagraram como um grande pintor da abstração lírica. Seus trabalhos em guache e nanquim não mais contornavam figuras, mas apenas sugeriam formas, incorporando manchas, riscos e borrões à obra.

Sobre Galeria Almeida e Dale
Estabelecida no mercado de arte como uma das principais galerias da cidade de São Paulo, a Galeria de Arte Almeida e Dale vem atuando no mercado secundário de arte brasileira e latino-americana.

Localizada no bairro Jardim Paulista, em São Paulo, capital, a Almeida e Dale desenvolve, desde 2012, um projeto que opta por mostrar exposições solo, baseadas em uma pesquisa histórica por um curador selecionado, para que a trajetória de artistas pudesse ser mostrada em seus diversos aspectos.

Serviço
Entrega de obra restaurada ao MAUC
Local: Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará
Endereço: Avenida da Universidade, 2854 - Benfica, Fortaleza
Data: 21 de março
Horário: 15h
Aberto ao público

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31