RIO GRANDE DO SUL, Porto Alegre - Nesta sexta-feira (15), o município de Flores da Cunha inaugurou o Casarão dos Veronese, no mesmo dia em que o projeto de restauração completou dois anos.

A cerimônia aconteceu às 10h, na comunidade de Otávio Rocha.

O Casarão dos Veronese foi construído em 1895 e é um dos símbolos arquitetônicos da imigração italiana no Rio Grande do Sul. Sua restauração foi realizada com recursos oriundos do sistema Pró-cultura RS - Lei de Incentivo à Cultura (LIC), com investimento de aproximadamente R$ 3 milhões.

Marcaram presença na inauguração o titular da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do RS, Victor Hugo, o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Carlos Búrigo, o prefeito de Flores da Cunha, Lídio Scortegagna, e a diretora do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE), Renata Galbinski Horowitz, entre outras autoridades, empresários da região e familiares das famílias que habitaram o Casarão.

O projeto original teve início em 2008 e sofreu adequações para solucionar o processo de deterioração das alvenarias de pedra e barro, além do risco de desmoronamento. A nova proposta contou com aval do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae) e a estrutura agora possui coberturas metálicas, além do uso de vidros para evitar a sobrecarga no telhamento original. O trabalho de intervenções foi coordenado pelo arquiteto Edegar Bittencourt.

O Casarão dos Veronese é um dos símbolos arquitetônicos da imigração italiana no Rio Grande do Sul - Foto: Rômulo Fernandes


Fonte: SEC RS

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31