RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O artista plástico britânico Christopher Page abrirá no dia 9 de dezembro, no MAM Rio, com curadoria de Fernando Cocchiarale, a instalação 'Blind Gallery'.

A produção é do Instituto Inclusartiz, com o apoio do British Council e Lamb Arts. Esta é a primeira exposição individual do artista no Museu. No dia da abertura, às 14 horas, haverá um encontro aberto ao público entre o artista e Fernando Cocchiarale.

'Blind Gallery' foi feita feita especificamente para o espaço do MAM Rio (Foto: divulgação)

A instalação 'Blind Gallery' foi feita feita especificamente para o espaço do MAM Rio. Consiste em uma única obra que evoca uma exposição fantasmagórica esvaziada de suas representações. Page transformou as enormes paredes móveis do museu em uma arquitetura monumental cujas superfícies estão adornadas com um contínuo de pinturas em larga escala. O efeito final é um ambiente desorientador, reminiscente de uma galeria in absentia; de imagens ausentes.

Nos dias 12 e 13 de dezembro, de 14 às 17 horas, Page realizará um workshop na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Ainda no dia 13, às 19 horas, o artista fará uma apresentação de seu trabalho na Biblioteca da Escola. Todas estas atividades estão abertas ao público.

Christopher Page (1984, Londres) vive e trabalha entre Atenas e o Reino Unido. Ele é um pintor que trabalha em grande e pequena escalas, fazendo pinturas em telas e painéis, tornando suas superfícies ilusórias, além de instalações que usam a pintura de maneira diferente para tornar irreal seus contextos arquitetônicos. O trabalho de Page começa com a noção de espaço emoldurado e, à medida que sua prática se expande, ele continua a analisar e problematizar o espaço interior e exterior a esta moldura, especialmente no que diz respeito às formas em que a luz (e seus substitutos) revelam e escondem.

Fonte: Jornal do Brasil

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31