RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O Museu da República (Ibram/MinC) e o Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro formalizaram os termos da parceria de estímulo à iniciação científica existente há dois anos entre as instituições.

A assinatura do acordo foi feita pela diretora do Museu da República, Magaly Cabral, pelo reitor Oscar Halac, o pelo diretor de Pesquisa do CPII, Jorge Fernando de Araujo na última semana e o extrato do termo foi publicado do Diário Oficial dessa segunda-feira (2).

Com a formalização do acordo, o Colégio Pedro II passará a oferecer bolsas de iniciação científica para os estudantes envolvidos e também o Museu da República, tendo possibilidades, poderá contribuir para aumentar o número de bolsas ofertadas ampliando o número de estudantes beneficiados.

Magaly Cabral, que foi estudantes do CPII, explicou como funciona o projeto de iniciação científica com o Museu da República. “Incialmente os alunos percorrem os bastidores do museu e se informam sobre as diversas atividades que o museu desenvolve na área administrativa, de história, sociologia, educação, museologia, arquivologia e biblioteconomia, por exemplo. Depois de conhecerem os bastidores e eles escolhem em que área querem se especializar”, contou.

Atualmente 12 estudantes do CPII participam do projeto. O diretor Jorge Fernando comemorou a assinatura do acordo e destacou os benefícios da iniciação científica para os estudantes. “Eles precisam ser despertados, ter sua vocação estimulada. Quem sabe não estimulamos futuros historiadores, museólogos ou arquivologistas?”, comentou.

Fonte: Ascom Colégio Pedro II (com adaptações Ascom Ibram)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31