marcelo calero 250x250DISTRITO FEDERAL, Brasília - O governo federal anunciou o atual secretário municipal de Cultura do Rio, Marcelo Calero, como o novo Secretário Nacional de Cultura. A indicação partiu do prefeito do Rio, Eduardo Paes.

A medida faz parte da extinção do Ministério da Cultura e a secretaria ficará subordinada ao Ministério da Educação e Cultura (MEC), que agora integra as duas áreas e é comandado por Mendonça Filho, deputado federal do DEM.

A iniciativa, contudo, não elimina a proposta de recriar o Ministério da Cultura via Congresso Nacional. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), já conversou com o presidente em exercício Michel Temer e os dois entraram em acordo para concretizar a refundação do MinC.

Diante da possibilidade de demora da recriação do MinC, Temer anunciou a Secretaria Nacional de Cultura como forma de apaziguar os ânimos dos servidores, que vêm protestando diariamente nas sedes estaduais do ministério extinto. A MP da reforma administrativa enviada à Câmara e que extingue a pasta da Cultura será modificada, segundo Renan, quando chegar ao Senado. Com isso, o Ministério voltará a existir.

Em conversa com Temer nesta terça-feira (17), Renan apelou para o fato de que o impacto financeiro com a extinção do Ministério da Cultura é ínfimo e que o estrago simbólico para o governo diante da sociedade, de artistas e intelectuais é muito ruim para o Planalto e para a imagem do presidente em exercício, que tem apenas uma semana no comando do país e já coleciona muitas críticas.

fonte: Jornal do Brasil

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31