RIO DE JANEIRO, Paraty - Entre os dias 26 de maio e 04 de junho, o turismo religioso promete aquecer a cidade histórica de Paraty.

Localizado na Costa Verde do Rio de Janeiro e a 270 km de São Paulo, o destino acolherá, durante dez dias, a tradicional Festa do Divino Espírito Santo que reunirá moradores e turistas em diversas atrações religiosas e folclóricas, shows com bandas, grupos musicais e de ciranda da região.

Considerada um dos eventos religiosos mais importantes de Paraty, a Festa do Divino chegou ao Brasil pelos seus colonizadores e é sempre realizada 50 dias após a Páscoa – Dia de Pentecostes. A festa, que começa a ser organizada por toda a comunidade com um ano de antecedência tem, como maior atrativo, a fé. Mesmo com o passar dos anos a tradição e o folclore se mantêm vivos. Um bom exemplo disso é a distribuição de carnes aos pobres, ritual realizado pela Rainha Isabel há 700 anos. Também são ofertados balas e doces às crianças e comida ao povo. Este ano, o ato acontece no dia 26 de maio.

Durante a noite, acontece o ponto alto da festividade. Um adolescente da comunidade é coroado o Imperador do Divino, realizando, em atos cênicos, o ritual de libertação de um preso comum e recebendo reverências do público presente. Acompanhado por seus seguidores, ele é homenageado com apresentação da Dança de Fitas, do Xiba Cateretê, da Dança dos Velhos e dos bonecos folclóricos de Paraty.

A Festa, que é patrimônio cultural imaterial do Brasil, conta ainda com gincanas, rifas, leilões, bingos e barracas com bebidas e comidas típicas, todas localizadas na Praça da Matriz.

Considerada um dos eventos religiosos mais importantes de Paraty, a Festa do Divino chegou ao Brasil pelos seus colonizadores e é sempre realizada 50 dias após a Páscoa – Dia de Pentecostes. A festa, que começa a ser organizada por toda a comunidade com um ano de antecedência tem, como maior atrativo, a fé. Mesmo com o passar dos anos a tradição e o folclore se mantêm vivos. Um bom exemplo disso é a distribuição de carnes aos pobres, ritual realizado pela Rainha Isabel há 700 anos. Também são ofertados balas e doces às crianças e comida ao povo. Este ano, o ato acontece no dia 26 de maio.

Durante a noite, acontece o ponto alto da festividade. Um adolescente da comunidade é coroado o Imperador do Divino, realizando, em atos cênicos, o ritual de libertação de um preso comum e recebendo reverências do público presente. Acompanhado por seus seguidores, ele é homenageado com apresentação da Dança de Fitas, do Xiba Cateretê, da Dança dos Velhos e dos bonecos folclóricos de Paraty.

A Festa, que é patrimônio cultural imaterial do Brasil, conta ainda com gincanas, rifas, leilões, bingos e barracas com bebidas e comidas típicas, todas localizadas na Praça da Matriz.

No fim de semana seguinte, de 09 a 11 de junho, a cidade recebe o Bourbon Festival Paraty, que chega a sua 9ª edição. O evento traz atrações musicais, exposição fotográfica e workshops gratuitos. Serão mais de 30 horas de jazz, blues, R&B, soul, música brasileira e world music, revezando-se dia e noite em palcos ao ar livre – nas praças da Matriz e da igreja Santa Rita –, além de buskers (músicos de rua) e da Orleans Street Jazz Band, transformando cada esquina de Paraty numa festa.

“A Festa do Divino e o Bourbon Festival são exemplos que mostram a diversidade cultural de Paraty e trazem a oportunidade para nós, representantes do turismo local, de criar pacotes e serviços diferenciados para os visitantes. Além de gerar empregos diretos e indiretos, os eventos aumentam o fluxo turístico da cidade e incrementam a ocupação dos hotéis e pousadas da cidade”, explica Adriano Lemos, gerente geral da Pousada Porto Imperial.

Ainda em junho, o feriado de Corpus Christi cria uma excelente oportunidade para revigorar as energias e aproveitar o que Paraty oferece de melhor. As opções são diversas. A cidade tem atividades que vão desde passeios de escuna, lanchas e mergulhos pela Baía de Ilha Grande até os esportes de aventura. Já no lado histórico, os turistas podem observar a arquitetura conservada do século XVIII, através de seus casarios e igrejas. Além disso, é possível aproveitar a infinidade de opções gastronômicas, as lojas de artesanatos, os alambiques e as românticas pousadas de Paraty.

Fonte: Jornal do Brasil

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31