PARANÁ, Curitiba - Quem passar o feriado de carnaval em Curitiba poderá visitar os espaços expositivos do Governo do Estado. Os museus estarão abertos com horário especial.

Nos dias 25 e 26 de fevereiro os espaços funcionam no horário normal de fim de semana. Na segunda abrem apenas o Museu Paranaense (MP) e o Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC – PR). Já na terça-feira (28/02), os espaços funcionam em horário de fim de semana.

No Museu Oscar Niemeyer o público poderá conferir as exposições "Coletiva Panapaná - Cerâmica Contemporânea Curitiba", "Memória das Ruas – Retratos dos Personagens de Curitiba", "MAC-MON: um diálogo", "Arte moderna na Coleção da Fundação Edson Queiroz", "Gonçalo Ivo: A Pele da Pintura", "Trajetória: 114 anos da Escola de Alfredo Andersen", "Jefferson Cesar, um Dom Quixote na arte do Paraná", "Histórias do Acervo MON", "Obras sob Guarda do MON" e "Exposição Kirchgässner: um modernista solitário". Esta última apresenta obras ainda desconhecidas de Frederico Kirchgässner, arquiteto que antecipou o modernismo no Brasil.



Quem visitar o Museu de Arte Contemporânea do Paraná poderá contemplar a exposição "Gravuras – Poéticas e Técnicas diversas | Mostra do Acervo", que tem caráter didático sobre a técnica da gravura e o início da gravura de arte no Brasil e no Paraná. Além da mostra "Ícaro e o Labirinto", dos artistas Andre Serafim, Bení Moura e Marcel Fernandes.

Já no Museu Alfredo Andersen, três exposições estão em cartaz: "Poema sem rosto", de Ivana Lima. A exposição é composta por uma série de 25 gravuras produzidas entre 2012 e 2015, e refere-se à infância da artista e seus amigos, ilustrando seu cotidiano. E também as exposições "Trajetória Andersen – Um século de arte no Paraná" e "Salas do Acervo".

Quem for ao Museu Paranaense poderá conhecer um pouco da história de Gufan, o paranaense de dois mil anos, que teve a face reconstruída por meio de tecnologias de reconstrução digital. E visitar as exposições: "O Museu da história do Paraná: os 140 anos do Museu Paranaense", "Voracidade - Coletivo Kókir"; "Vistas do Brasil"; "Dinheiro e honraria: o acervo de numismática do Museu"; "Coleção de Moedas Romanas do Museu Paranaense"; "Memorial à Indústria da Erva-Mate"; "Imagens de um Lar"; "Circuito da Ocupação do Território Paranaense"; "Indústrias Paranaenses"; "Escultura Arma em nó", "Igrejas Ucranianas do Paraná" e "Baixo relevo | O último túnel".

O Museu do Expedicionário apresenta a exposição referente à participação do Brasil na 2ª Guerra Mundial. Os visitantes têm acesso a diversos materiais históricos – documentos, objetos, fotografias, filmes, mapas, livros, ilustrações – que mostram a atuação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra Mundial.

No Museu da Imagem e do Som do Paraná, destaque para a exposição "Mirada Interior", do fotojornalista italiano Valerio Bispuri, que relata de forma sensível e intensa alguns dos aspectos mais escondidos e desconhecidos da experiência humana. O público terá contato também com as reservas técnicas, áreas até então inacessíveis ao olhar do visitante, e poderá conferir exposições fotográficas de Guilherme Glück e Dico Kremer, e conferir o acervo tridimensional, composto por câmeras fotográficas e filmadoras, moviolas, gravadores, televisores, rádios, vitrolas e projetores.


Confira aqui os horários de funcionamento dos museus.

Fonte: SEEC PR

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31