MINAS GERAIS, Ouro Preto - A exposição Santos Dumont: das raízes mineiras à ascensão do Gênio dos Ares, em cartaz na Sala Manoel da Costa Athaide, Anexo I do Museu da Inconfidência (Ibram/MinC), pode ser visitada gratuitamente das 10 às 18h, até este domingo, 29 de janeiro.

Estão expostos objetos, imagens e documentos que narram a trajetória do aviador mineiro, relacionando suas raízes em cidades de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, até alcançar os ares da capital francesa, no Campo de La Bagatelle, ponto de partida para a realização de sua grande meta. O objetivo é comemorar os 110 anos do primeiro voo do 14-BIS, no dia 23 de outubro de 1906, quando se criou o título de "Pai de Aviação" após a conquista do Prêmio do Aeroclube da França pela realização do primeiro voo homologado a uma distância de 60 metros.

Saiba mais – Santos Dumont
Alberto Santos Dumont nasceu em 20 de julho de 1873 em João Aires, Minas Gerais  - hoje, Santos Dumont - próximo à cidade de Palmira. Seu pai, Henrique Dumont, formado na Escola de Artes e Ofícios de Paris (o equivalente atual da Faculdade de Engenharia), havia sido encarregado pelo Império, em 1872, da construção de trecho da Estrada de Ferro Central do Brasil, na subida da Mantiqueira. Como o canteiro de obras foi fixado na localidade de Cabangu, a família acabou se estabelecendo numa fazenda próxima. Assim, seu sexto filho, Alberto, nasceu ali, no mesmo dia em que o pai completou 41 anos.

Alberto Santos Dumont
Autoria: Giovanni Sarracino, 1903.
Acervo do Museu Paulista da USP

De tradicional família ouropretana, a mãe Francisca de Paula Santos era filha do comendador Paula Santos. O Dr. Henrique Dumont descendia de franceses. O casal teve, ao todo, oito filhos: cinco mulheres e três homens. As mais velhas se chamavam Maria Rosalina, Virgínia e Gabriela e se casaram, por coincidência, com três irmãos, Eduardo, Guilherme e Carlos Villares. Todos nasceram em Minas, com exceção das duas irmãs mais novas, Sofia e Francisca, nascidas no estado do Rio de Janeiro.

Parceiros:
- Museu Paulista da USP
- Museu Histórico Nacional
- Paróquia de Nossa Senhora do Pilar
- Arquidiocese de Diamantina
- IPHAN - Escritório Técnico de Diamantina
- Prefeitura Municipal de Diamantina
- Arquivo Público Mineiro
- Museu Casa Natal de Cabangu e Fundação Santos Dumont
- Arquivo Municipal de Ouro Preto
- Museu de Ciência e Técnica e Arquivo central da Escola de Minas, Ufop
- Arquivo Público do Paraná
- Museu Casa de Santos Dumont, A Encantada, Petrópolis. RJ.

SERVIÇO
O QUÊ: Exposição Santos Dumont: das raízes mineiras à ascensão do Gênio dos Ares
QUANDO: Até domingo, 29 de janeiro de 2017
ONDE: Sala Manoel da Costa Athaide, Anexo I do Museu da Inconfidência. Rua Vereador Antônio Pereira, 33, Centro Histórico.
CURADORIA: Margareth Monteiro e Janine Ojeda.
VISITAÇÃO: 10 às 18h
ENTRADA GRATUITA.

Fonte: Ascom MI

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31