MINAS GERAIS, Belo Horizonte - A primeira história em quadrinhos sobre a rainha angolana Ginga, escrita pela historiadora Mariana Bracks, será lançada neste sábado, 3, às 18h, no hall superior do Centro Cultural UFMG.

O evento, aberto ao público, contará com apresentações da Companhia Primitiva de Arte Negra e do grupo Tambor de Crioula Rosa de São Benedito.

Com linguagem leve e envolvente, a obra conduz os leitores ao universo de aventuras e estratégias de guerra e de paz empreendidas pela protagonista, que viveu em Angola no século 17 e foi uma das mais importantes rainhas africanas.

O Mestre João Angoleiro é o autor das ilustrações da HQ, produzida pela ATOS Central de Imagens com o patrocínio da Fundação Municipal de Cultura. Rainha ginga: guerreira de Angola foi desenvolvida para servir como material de pesquisa e referência para professores e alunos de todas as idades e para valorizar a cultura e a identidade negras.

O Centro Cultural UFMG está localizado na Avenida Santos Dumont, 174.

A autora
A historiadora e autora da HQ, Marina Bracks, é graduada em História pela UFMG e mestre em História Social pela USP. Em sua pesquisa de doutorado, ela estudou a trajetória da Rainha Ginga e a forma como a memória popular sobre ela foi construída e retida pela cultura afro-brasileira.

Fonte: UFMG e Centro Cultural

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31