MINAS GERAIS, Brumadinho - Para encerrar a programação comemorativa de seus dez anos de abertura, o Instituto Inhotim lança, na terça-feira, 6/12, "Inhotim, um estado de espírito", publicação bilíngue em três volumes que percorre a história e projeta o futuro da instituição.

O evento acontece na Livraria da Travessa, na Bienal de São Paulo, das 18h às 20h, e tem bate-papo às 19h com colaboradores, integrantes da equipe do Instituto e a editora Anna Paula Martins, coordenadora do projeto. O livro tem patrocínio da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) por meio da Lei Federal de Incentivo a Cultura.

Realizado durante os últimos dois anos, o projeto demandou intensa pesquisa e reúne, pela primeira vez, registros históricos, mapas, cartas e depoimentos de funcionários e personalidades da região, compondo a história do surgimento do Instituto. Textos de Humberto Werneck, Fábio Scarano, Frederico Coelho, Jarbas Lopes, Luiz Zerbini, entre outros, somados a ensaios fotográficos inéditos, recriam a experiência sensorial da visita e trazem novos ângulos do Inhotim, como nas imagens aéreas de Camilla Coutinho Silva.

"Inhotim, um estado de espírito"
Volume principal da publicação, é um livro fotográfico de 256 páginas, com imagens internas e externas que expressam a exuberância do Inhotim e evidenciam a forte relação entre arte e natureza no local. Escrito por Humberto Werneck, o texto que perpassa todo o livro é uma crônica de suas lembranças e impressões do Instituto, desde a chegada a Brumadinho até a surpresa de descobrir obras e plantas pelo percurso da visita.

Futuromemória
O volume Futuromemória situa o Inhotim no tempo e no espaço. Por uma trajetória histórica que vai desde a povoação da região de Brumadinho, atravessa a chegada da linha férrea e adentra os portões do Inhotim, diversas histórias que trazem a essência da instituição são contadas. Já o texto de Bernardo Paz, idealizador do Instituto, traz a visão e os ideais norteadores do Inhotim e aponta para o futuro da instituição. O livro também relembra a passagem de Burle Marx pelos jardins do Inhotim, inspiração para o paisagismo do parque.

Artenatureza
Organizado de maneira cronológica, o volume "Artenatureza" apresenta a evolução da coleção de arte do Inhotim por meio de fotos, registros de época, maquetes, projetos arquitetônicos e croquis de pavilhões e obras. Textos de dois curadores do Instituto – Allan Schwartzman e Jochen Volz – introduzem o leitor à proposta curatorial do Inhotim e suas relações com intuição, escala e artista. Também são apresentados exemplares do acervo botânico do Instituto, importante ator na conservação da biodiversidade e integrante da Rede Brasileira de Jardins Botânicos desde 2010.

Sobre a Dantes Editora
Com mais de 20 anos de história, a Dantes Editora, da carioca Anna Paula Martins, surgiu com inspiração em um dos mais famosos versos de "Os Lusíadas", de Luís de Camões: "Por mares nunca dantes navegados". De livraria especializada em raridades, o projeto tornou-se uma plataforma editorial com atuação variada, em busca de conectar linguagens e culturas para além do produto livro ao propor laboratórios, encontros, aulas, exposições e outros formatos que possam somar ao processo de produção e editoração.

SERVIÇO:
Lançamento "Inhotim, um estado de espírito"
Livro comemorativo de dez anos do Instituto Inhotim
Quando: 6/11, de 18h às 20h. Bate papo com editora, equipe Inhotim e colaboradores às 19h
Local: Livraria da Travessa na Bienal de SP
Pavilhão da Bienal – Parque do Ibirapuera, São Paulo/SP
Entrada gratuita, livro à venda no local

Ficha técnica
Autores: Allan Schwartzman, Fabio Scarano, Frederico Coelho, Humberto Werneck, Jochen Volz e Lucas Sigefredo
ISBN: 978-85-61614-19-5
Assuntos: Museologia, comunidade, organização
Dantes Editora
Formato: 27 cm x 5,5 cm x 37 cm
Páginas: 236 (volume principal), 284 (Artenatureza) e 168 (Futuromemória)
Valor: R$ 150

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31