SÃO PAULO, São Paulo - Exposição, palestra, bate-papo, filmes e intervenção estão entre as atividades que refletem o tema Enfrentando nossos preconceitos, na ação #Sonharomundo dos museus da Secretaria da Cultura, que ocorre de 5 a 11 de dezembro.

Em celebração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos (10 de dezembro), os Museus do Governo do Estado de São Paulo se mobilizam pelo segundo ano consecutivo para realizar a ação Sonhar o Mundo. Com o tema Enfrentando nossos preconceitos, a iniciativa ocorre de 5 a 11 de dezembro, trazendo uma programação diversificada com palestras, bate-papo, exposição, filmes e intervenções para conscientizar e sensibilizar as pessoas e contribuir com o respeito à diversidade cultural e combate ao preconceito, à discriminação e à violência.  

Participam diretamente da ação os cinco museus cujos temas estão relacionados aos Direitos Humanos: Memorial da Resistência, Museu da Diversidade Sexual, Museu Índia Vanuíre (Tupã), Museu Afro Brasil e Museu da Imigração. Todos os demais museus da Secretaria da Cultura também se engajam na divulgação do tema via redes sociais, e alguns com programações adicionais.  No total, a Secretaria mantém 19 instituições museológicas.

Entre os destaques da programação cultural dos cinco museus ao longo da semana de 5 a 11 de dezembro está a exposição Direitos Imigrantes: nenhum a menos, em cartaz no Museu da Imigração; no Museu Afro Brasil o público poderá conferir a visita temática Sonhar o mundo sem racismo, que enfatiza as relações entre direitos humanos e o enfrentamento do preconceito e do racismo (11 de dezembro ); o Museu Índia Vanuíre (em Tupã) fará a exibição do documentário Nossas Terras, da série Índios no Brasil, que aborda os problemas na demarcação de terras indígenas (7 e 8 de dezembro); de 5 a 11 de dezembro o Memorial da Resistência fará a pintura coletiva do mural Política e Diversidade, intervenção sob a coordenação do artista plástico Daniel Melim que envolverá vários artistas, comunidades e entidades sociais; já o Museu da Diversidade Sexual, no dia 10, em parceria com a Comissão da Diversidade Sexual e da OAB São Paulo, fará atendimentos ao público para esclarecimentos sobre direitos LGBT e encaminhamento para rede de proteção pública de Direitos Humanos.

Acompanhe a programação completa no hotsite criado especialmente para a campanha http://www.cultura.sp.gov.br/sonharomundo/index.html e pela plataforma SP Estado da Cultura, que reúne eventos em todo o estado – http://estadodacultura.sp.gov.br/ ou nas redes sociais através das hashtags #sonharomundo e #Xôpreconceito.

Sobre o Sonhar o Mundo
Realizada pela primeira vez em 2015, a campanha “Sonhar o Mundo” busca articular os museus da Secretaria da Cultura em torno de ações ligadas aos Direitos Humanos, dando visibilidade ao tema a partir de programação cultural, educativa e de comunicação nas mídias sociais.

Exposições, debates, visitas educativas e uma oficina de arpillera, técnica coletiva chilena de bordado da qual participaram convidados ligados aos movimentos sociais relacionados aos temas de cada museu – comunidades indígenas, comunidades dos novos movimentos migratórios, ex-presos políticos e movimento LGBT – buscaram provocar a reflexão e novos olhares sobre a diversidade cultural.

Para conhecer a programação cultural de todo o estado, acesse a plataforma SP Estado da Cultura – www.estadodacultura.sp.gov.br.

Fonte: SEC SP

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31