SANTA CATARINA, Florianópolis - A programação do Festival Internacional de Cinema Socioambiental (Planeta.Doc) terá início no próximo dia 24 com a Mostra Lixo Zero, que ao longo de uma semana exibirá 12 filmes com temas ligados à questão do lixo e da reciclagem.

Em parceria com a Semana Lixo Zero (www.semanalixozero.com.br), que reúne eventos por todo o país dedicados a discutir e trazer soluções para a redução e gestão dos resíduos, a mostra será realizada em Santa Catarina e terá sessões gratuitas em Florianópolis, Balneário Camboriú, Ibirama e Joinville. Entre as obras selecionadas estão  "A Tragédia do  Lixo Eletrônico" e "O Sabor do Desperdício", sendo que a programação completa está disponível pelo link https://www.facebook.com/events/1788205518122481/.

De acordo com Rodrigo Sabatini, organizador da Semana Lixo Zero no Brasil, o evento busca orientar as pessoas a mudarem seus estilos de vida e adotarem práticas para emular ciclos naturais mais sustentáveis, nos quais todos os materiais descartados sejam projetados para se tornarem recursos. "Lixo Zero significa concepção e gestão de produtos e processos para evitar e eliminar o volume e a toxicidade dos resíduos e materiais, conservando e recuperando todos os recursos, e não os queimando ou enterrando", explica. Ainda de acordo com Sabatini, a implementação do Lixo Zero busca eliminar todas as descargas à terra, água ou ar que são uma ameaça planetária, humana, animal e vegetal.

Na opinião de Mônica Linhares, diretora do Festival Internacional de Cinema Socioambiental, todas as soluções passam por uma adaptação cultural, pela quebra do paradigma do descarte para uma cultura do encaminhar e do cuidar. "Com a exibição destes grandes filmes documentários, o Planeta.doc procura fomentar um projeto educacional de aprofundamento na compreensão dos principais dilemas da nossa sociedade, realizado por meio do amplo acesso à informação em escolas e universidades", explica Mônica.

Além da Mostra Lixo Zero, a terceira edição do Planeta.Doc prossegue até o dia 13 de novembro com uma extensa programação. No total, cerca de 80 filmes premiados em eventos como Sundance, Cannes e Festival de Cinema de Berlim sobre temas relacionados ao nosso planeta serão exibidos gratuitamente em universidades, espaços culturais públicos, cineclubes, escolas de ensino médio e fundamental. A programação também será composta pelas mostras não-competitivas Cidades Humanas, Ecozine, Cinemateca da Embaixada da França e Mostra Diretores. Outro destaque será o Planeta.Doc Conferências, nos dias 3 e 4 de novembro, com participação de cientistas e especialistas na área socioambiental.

O Planeta.Doc 2016 tem o patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura de Florianópolis e Fundação Franklin Cascaes, e apoio cultural da Neoway Business Solutions, Resort Costão do Santinho e Digilab. Apoio institucional da Udesc, UFSC, Unisul, Fundação Certi, Sapiens Parque, Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Fundação Catarinense de Cultura, Secretaria de Educação de Florianópolis, Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina, Cinemateca da Embaixada da França no Brasil, Embaixada da França no Brasil, Instituto Francês, Embaixada da Espanha, Fundação Cultural Badesc, SESC em Santa Catarina e Instituto Estadual de Educação. São parceiros do Festival o Instituto Lixo Zero Brasil, Semana Lixo Zero, Ecozine Festival Internacional de Cine y Medio Ambiente de Zaragoza, Cineclube Presença, CineClube Iphan, Aequo Sustentabilidade, TV UFSC e Projeto Guarani Serra Geral.

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31