RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - A Zona Portuária do Rio vai receber, a partir desta quinta-feira (29/09), três eventos de arte, que irão agitar os armazéns do Cais do Porto e entorno: o ArtRio, com 73 galerias de arte moderna e contemporânea; o ArtRua, voltado ao grafite; e o ArtRia, com trabalho do artista Geleia da Rocinha.

De quinta a domingo (02/10), em sua sexta edição, a Feira Internacional de Arte do Rio de Janeiro (ArtRio) reforçará a importância do mercado de arte no Brasil e no mundo. O evento, que acontecerá nos armazéns 2, 3 e 4 do Pier Mauá, das 13h às 20h, vai reunir 73 galerias de arte moderna e contemporânea, divididas nas mostras "Panorama" e "Vista". Dezenove galerias participarão pela primeira vez da feira, sendo 11 brasileiras e as demais vindas da Argentina, Uruguai, Alemanha, Estados Unidos, França e Suíça. O ingresso custará R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada).

No mesmo período, o ArtRua, que em cinco edições atraiu 146 mil visitantes à Região Portuária, contará com uma programação gratuita durante os quatro dias, reunindo trabalhos de mais de 30 artistas nacionais e estrangeiros, dez galerias, shows, festas e gastronomia. Tudo isso acontecerá em um novo endereço no Santo Cristo. Do lado de fora, o espaço de 7.500 metros quadrados na Avenida Professor Pereira Reis, 76, chama atenção com o mural de Rimon Guimarães e Zeh Palito na fachada. O ArtRua poderá ser visitado na quinta-feira, das 18h à meia noite; na sexta-feira e sábado, das 14h às 5h; e no domingo, das 14h às 23h. Há estacionamento no local e vans gratuitas que sairão da Rua Maria Quitéria, 99, em Ipanema, deixarão os visitantes na Parada Santo Cristo do VLT. A organização do evento espera receber este ano 75 mil pessoas, 25% a mais que em 2015.

Já no sábado (01/10), às 15h, haverá a abertura da terceira edição da ArtRia, que ocupará – de 04 a 15/10 - a Galeria Pretos Novos de Arte Contemporânea (Rua Pedro Ernesto 34, Gamboa) com o trabalho do artista Geleia da Rocinha. Serão mais de 100 obras do artista descoberto por Gringo Garcia em 1998, todas à venda. Os valores são pré-estabelecidos entre R$ 100 e R$ 1.000 e exibidos em formato de comércio popular, como em barracas de camelôs. A entrada será gratuita e o horário de funcionamento será de terça a sexta-feira, das 13h às 19h, e no sábado, das 10h às 13h.

A Região Portuária já se destaca no cenário da arte urbana pelo evento anual ArtRua e, desde 2013, por receber a obra do baiano Toz pintada em prédio comercial na Saúde. Em agosto deste ano, o Porto Maravilha transformou-se em galeria a céu aberto e endereço do maior mural do mundo, o "Etnias". Com quase 3 mil metros quadrados, a arte do artista Kobra foi reconhecida pelo Guinness World Record, publicação que destaca recordes mundiais.

Também em agosto, a fachada dos armazéns 7 e 8 e muros que interligam as construções receberam um corredor de painéis grafitados inspirado nos valores olímpicos (amizade, respeito e excelência). Com mais de dois quilômetros de extensão, o mural exibe a equipe de refugiados que disputou os Jogos Olímpicos Rio 2016 e pinturas de 20 grafiteiros dos mais variados estilos.

Fonte: Prefeitura do RJ

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31