RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro -  Um dos espaços mais tradicionais do país, tombado pelo patrimônio histórico, o antigo Cine Palácio foi devolvido à cidade do Rio de Janeiro no dia 26 de agosto.

Após dois anos de intenso trabalho de restauração e intervenções modernas, o Teatro Riachuelo Rio será um espaço plural de expressão e arte, unindo música, teatro, literatura, debates, dança, entre outros, com o objetivo de atrair os mais diversos públicos.

Com o fim das atividades como cinema em 2008, o local foi comprado pelo Banco Opportunity e a iniciativa da reformulação é da Aventura Teatros, braço da Aventura Entretenimento, que tem como sócios Aniela Jordan, Fernando Campos e Luiz Calainho. O centro cultural terá o que há de mais avançado em caixa cênica, luz e som. Da cortina para trás, tudo foi construído. "O Teatro Riachuelo Rio será muito mais que um teatro, será um centro de arte e cultura multiplataforma. Funcionará de terça a domingo, o dia todo, com ciclos de palestras, espetáculos diurnos, filmes e shows, entre outros", comenta Luiz Calainho, sócio da Aventura Teatros.

Para tornar o local um espaço totalmente novo, reconstruído e reformulado, a produtora conta com a Riachuelo, que dá o novo nome ao local. "Acreditamos que a moda é uma potente ferramenta de arte e expressão e, por isso, temos realizado um intenso trabalho para democratizar cada vez mais o acesso dos brasileiros a esse universo. O Teatro Riachuelo Rio vem para ampliar ainda mais essa rede de acesso à arte e expressão com foco em cultura, que foi já foi iniciada há seis anos com a inauguração do Teatro Riachuelo Natal", explica Flávio Rocha, presidente da Riachuelo.

Localizado na Cinelândia, berço das atividades culturais da cidade, o Teatro Riachuelo Rio está a poucos passos da estação do metrô e do VLT, na Rua do Passeio, e é um dos pilares da revitalização da região, junto com o Porto Maravilha e todo o centro histórico da cidade. Com aproximadamente 3.500m² de área construída, plateia para 1.000pessoas e inovações digitais, o espaço terá projeto de design de interiores do Studio Zanini, do designer Zanini de Zanine, que foi nomeado designer do ano pela Maison &ObjetAmericas 2015.

Para inaugurar em grande estilo, o Teatro Riachuelo Rio abrirá as portas com um musical que tem a cara do Brasil. O inédito "Garota de Ipanema, o amor é bossa" retrata e valoriza a cultura nacional através de um espetáculo embalado por clássicos da bossa nova. "Vamos inaugurar com um espetáculo lindo, com a cara da cidade. Convidamos um time criativo de primeira e acreditamos que a receptividade do público será ótima", comenta Aniela Jordan, sócia da Aventura Teatros. O Teatro Riachuelo Rio tem patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro através da Secretaria de Cultura via Lei de Incentivo à Cultura; patrocínio de conteúdo do O Globo; apoio da Localiza, ESPM e Deca; UOL como mídia oficial e PagSeguro como meio de pagamento oficial.

Patrimônio histórico
Ponto de encontro de artistas, intelectuais e políticos, frequentado por milhares de pessoas ao longo de sua existência, o prédio foi construído no século XIX. Inaugurou, em 1890, como Cassino Nacional Brasileiro e logo passou a ser chamado de Cassino Nacional, em 1901. Em 1906 foi renomeado Palace Theater, e funcionou assim até 1910. A fachada de arquitetura neo-mourisca foi projetada pelo arquiteto espanhol Adolfo de los Rios.

Com o passar dos anos o prédio mudou de nome algumas vezes. Em 1917 foi intitulado como Cinema Majestic; quando exibiu o primeiro filme sonoro no país "Broadway Melody", se chamava Palácio Teatro (1929); e, finalmente, em 1943, se tornou o Cine Palácio.

Todo o processo de restauração e construção do novo teatro foi acompanhado de perto pelo IRPH (Instituto Rio Patrimônio da Humanidade). As obras civis caminharam junto com o reparo para ajustar o espaço às necessidades de um moderno centro cultural. Os principais elementos foram devidamente preservados e restaurados como a fachada, colunas, lustre, piso, fonte com escultura em alto-relevo esculpida na galeria de entrada e diversos outros elementos.

Teatro Riachuelo Rio em detalhes
O grande desafio das obras foi manter a legitimidade do patrimônio histórico e criar uma estrutura mais moderna, com dimensões que suportassem todos os equipamentos de última geração necessários para o pleno funcionamento do teatro, que foi projetado para comportar os mais diversos tipos de eventos culturais e corporativos. E ainda, além da caixa cênica, foi construída uma área de apoio capaz de abrigar camarins, sala de ensaio, sala de convivência dos artistas e toda a infraestrutura técnica. Uma tecnologia de ponta acessa o controle de volume independente, por caixa, para dispersão do som 100% homogêneo na sala.

O projeto de arquitetura do teatro é assinado por Wanderson Ferreira e Carla Muniz, que conseguiram criar um palco com fosso para formação completa de orquestra. O Studio Zanini desenvolveu poltronas exclusivas para o teatro, além de lustres especiais para a restauração que foram aprovados pelo patrimônio histórico, pois os originais se perderam ao longo dos anos. Em parceria com a DECA/Duratex, o Studio Zanini também fez uma intervenção nos banheiros do centro cultural. Toda a louça e metais foram desenvolvidos com acabamentos especiais para o projeto e possuem tecnologia voltada para economia de água.

Investimento e obras
Com a intenção de manter o antigo Cine Palácio como um centro cultural, o Banco Opportunity firmou uma parceria com a Aventura Teatros, que arrendou o local por 20 anos para a viabilização do espaço como um teatro. Todo o processo de revitalização e construção do teatro e do empreendimento tem orçamento de R$42 milhões, investidos pelo Opportunity e pela Aventura Teatros. A Riachuelo entra para garantir a manutenção e a operação do espaço e seus conteúdos.

O empreendimento, que será integrado ao Teatro Riachuelo Rio, possui estacionamento próprio, praça de alimentação, heliponto e centro comercial. Toda a estrutura moderna do novo complexo garantirá pleno conforto e praticidade ao público do teatro.

Galeria de acesso ao Teatro Riachuelo Rio e ao Passeio Corporate
Com público estimado em 10.000 pessoas em circulação por dia, a galeria com entrada pela Rua do Passeio, que dá acesso ao teatro e ao Passeio Corporate, terá diversas intervenções e facilidades para os frequentadores. Para partilhar a história de um dos prédios mais importantes e ricos da cidade, um memorial funcionará no local, com acesso público e gratuito.

Considerado um dos maiores biógrafos brasileiros, o escritor Ruy Castro inicia o projeto de perpetuação do acervo histórico do prédio através de pesquisa e publicação especial de lançamento. "Esta galeria já teve um glorioso passado, mas agora é o futuro que vai penetrar por ela", comenta Ruy. Além deste material, um documentário será produzido em breve.

Para abrigar todas as formas de manifestação cultural, o corredor de acesso ao empreendimento comercial terá uma galeria de arte permanente que irá reunir os maiores nomes do segmento para expor suas obras no espaço.

Mais detalhes sobre o novo centro cultural
- Parte de toda a revitalização do centro da cidade, o Teatro Riachuelo Rio está a cinco minutos do aeroporto e barcas e a poucos passos das estações do Metrô e VLT;

- Desenvolvimento humano: O Teatro Riachuelo Rio terá convênios com universidades da cidade para a criação de conteúdos relacionados à história e cultura local. A ESPM Rio já tem convênio firmado com o teatro com atuação do Núcleo de Economia Criativa;

- Intercâmbio cultural: Além da própria agenda, o Teatro Riachuelo Rio terá um painel eletrônico com informações de toda programação cultural do centro da cidade, como horários e conteúdos do que acontecerá nos diversos espaços culturais da região;

- Acessibilidade: A cada temporada, o Teatro Riachuelo Rio terá uma sessão para deficientes visuais e auditivos. A partir de 2017 o espaço terá o serviço permanente, em todas as sessões, em libras e áudio descrição. As principais produções estarão disponíveis em três idiomas: Português, Espanhol e Inglês;

- Democratização: Todos os espetáculos terão uma sessão gratuita por temporada com acesso por distribuição de senhas;

"O Teatro Riachuelo será um centro de atividades culturais, de capacitação, de preservação de nossa memória e, acima de tudo, propagador de todas as artes", comenta Fernando Campos, sócio-diretor da Aventura Teatros.

Números

- 1.000 lugares
- Aproximadamente 3.500m²
- Palco: 280m²
- Subpalco: 125m²
- Plateia: 445m²
- Fosso orquestra: 80m²
- Balcão 01: 190m²
- Balcão com serviço: 80 lugares
- Balcão 02: 295m²
- Sala de ensaio: 111 m²

Riachuelo e Cultura
A Riachuelo acredita na moda e na cultura como ferramentas essenciais de expressão e vem investindo para democratizá-las por meio do modelo de negócios fastfashion e com a implantação de complexos culturais de grande porte, além de apoiar grandes produções culturais e musicais.

Em 2010, Nevaldo Rocha, fundador da Riachuelo, conduziu pessoalmente todo o processo para construção do Teatro Riachuelo Natal, no Rio Grande do Norte, como forma de presentear a cidade onde nasceu, marcando, também, a entrada do grupo Guararapes no universo cultural dos teatros. O espaço, com capacidade para mais de 1.500 pessoas sentadas, recebeu investimento de R$ 56 milhões e foi inaugurado no mesmo ano com a presença de Bibi Ferreira e show de Roberto Carlos.

O Teatro Riachuelo Natal já recebeu mais de 710 eventos, 830 mil espectadores e diversos grupos musicais e teatrais como Elba Ramalho, Roberto Carlos, Nana Caymmi, Toquinho, Circo da Rússia, Turma da Mônica, dentre outros. Atualmente é o maior complexo cultural do Rio Grande do Norte.

Em agosto de 2016, em parceria com a Aventura Entretenimento, a companhia abriu as portas do Teatro Riachuelo Rio e expandiu sua atuação no segmento cultural. A varejista continua observando novas oportunidades nesse segmento, com o objetivo de democratizar cada vez mais o acesso dos brasileiros a espaços culturais de grande porte.

Sobre a Riachuelo
Agilidade na produção, rapidez na distribuição e design criativo e acessível. São esses os fatores que garantem à Riachuelo o posto de maior empresa de fastfashion e referência em democratização da moda no Brasil.

Com uma ampla plataforma de coleções feminina, masculina, infantil, de moda casa e acessórios, a Riachuelo foi pioneira em realizar parcerias com grandes estilistas e marcas nacionais e internacionais, com o objetivo de democratizar o acesso de diversas expressões culturais a todos os perfis de clientes. A companhia, que tem 40 mil funcionários, dispõe do maior parque fabril da América Latina, onde cria, desenvolve e produz grande parte dos seus produtos, sempre apostando nas últimas tendências das passarelas.

Por ano, são lançados cerca de 35 mil modelos, ou seja, quase 100 por dia, que abastecem diariamente as lojas de todo o país. Atualmente, a Riachuelo possui mais de 28 milhões de clientes no cartão Riachuelo e 287 lojas próprias espalhadas pelo Brasil.

Sobre a Aventura Entretenimento
Produtora de grandes sucessos musicais, a Aventura Entretenimento está há oito anos no mercado, investindo no crescimento e na modernização do setor. Neste período, os espetáculos criados no país ampliaram sua estrutura, ganharam espaço no mercado e poder de atração entre espectadores e investidores. A empresa dos sócios Aniela Jordan, Fernando Campos e Luiz Calainho é responsável por grandes sucessos como Elis, A Musical, Chacrinha, o musical, Um Violinista no Telhado, Hair, A Noviça Rebelde, Sete - O Musical, O Mágico de Oz, Rock in Rio - O Musical, entre outros, levando mais de 2 milhões de pessoas ao teatro.

Além da inauguração do Teatro Riachuelo Rio em agosto de 2016, com a estreia do espetáculo "Garota de Ipanema", a Aventura também retorna com "SamBRA, o musical – 100 anos de samba", desta vez na Cidade das Artes, e a turnê de "Chacrinha, o musical" – que levaram mais de 500 mil pessoas ao teatro entre 2014 e 2015.

A missão da Aventura Entretenimento é contribuir para o crescimento dos musicais nacionais genuínos, depois do sucesso alcançado por adaptações de clássicos da Broadway no país. "Estamos fazendo história no teatro musical. No Brasil, há uma capacidade criativa gigante. O que falta é uma boa gestão. E a Aventura, assim como outras grandes empresas, tem procurado implementar a gestão de alto nível", celebra Luiz Calainho, empresário, sócio da Aventura Entretenimento.

Aventura Teatros
Braço da Aventura Entretenimento, a empresa tem como sócios Aniela Jordan, Fernando Campos, e Luiz Calainho, e visa desenvolver uma rede de teatros em todo o Brasil.

SERVIÇO:
Inauguração: 26 de agosto
Local: Rua do Passeio, 38 - Centro
Funcionamento da bilheteria: 3ª e 4ª das 12h às 20h, de 5ª a domingo das 12h até 1 hora após o início do espetáculo.
Venda de ingressos: Bilheterias do teatro, internet (www.compreingressos.com), aplicativo e loja Riachuelo Ipanema.

Fonte: divulgação por e-mail

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31