SÃO PAULO, São Paulo - O sociólogo e filósofo Sérgio Paulo Rouanet e a socióloga Barbara Freitag são os conferencistas do seminário O Prazer Desinteressado da Arte? De Kant à Cultura Pós-Aurática de Walter Benjamin, que acontece no dia 15 de agosto, no Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP.

A atividade é organizada pela Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência, da qual Rouanet é o primeiro titular.

O seminário tem como debatedores os professores Cremilda Medina e Martin Grossmann (ex-diretor do IEA e coordenador da cátedra), ambos da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, e a professora Jeanne Marie Gagnebin, da Unicamp e da PUC-SP.

De acordo com a teoria da arte de Kant, expressa em sua Crítica do Juízo (1790), a avaliação estética de uma obra de arte é desprovida de qualquer desejo por parte do sujeito que a contempla, com a obra não cumprindo nenhuma função prática, utilitária, nem atendendo à busca de conhecimento ou se subordinando a preceitos morais. Ele chama isso de “prazer desinteressado”. Mas seria esse prazer possível com a reprodutibilidade técnica da obra de arte e sua consequente massificação e mercantilização?

O seminário acontece às 14h30, na Sala de Eventos do IEA. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no link.

Fonte: USP

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31