RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - VillaCast reconta episódios da história do Brasil e da vida de Villa-Lobos através de sua música

O Museu Villa-Lobos anuncia o lançamento nesta sexta-feira, dia 27 de novembro de 2020, do VillaCast, podcast produzido pela instituição que aborda episódios da vida de Heitor Villa-Lobos e da história do Brasil através das obras do compositor. O projeto inclui entrevistas com estudiosos de diferentes campos de estudo e pontos de vista, além de áudios e documentos do acervo do Museu.

O programa mensal é roteirizado e apresentado pelo historiador Pedro Belchior e pelo músico e jornalista Eduardo Seabra, destinado tanto a especialistas na obra do compositor quanto aos fãs e ao público não especializado. Cada episódio foca em uma temática específica das composições de Villa, abordando sua criação, contexto histórico e legado musical sob uma ótica crítica, criativa e contemporânea.

O lançamento do projeto acontece no dia 27 de novembro às 16h, numa live transmitida pelo canal de YouTube oficial do museu. O programa será disponibilizado gratuitamente em todas as principais plataformas digitais de streaming na mesma data.

O primeiro episódio é focado nos Choros de Villa-Lobos, uma de suas séries mais famosas, na qual o compositor funde elementos de diferentes estilos da música brasileira com técnicas musicais de vanguarda do modernismo europeu do início do século XX. O roteiro faz uma viagem pela história do surgimento do choro no Rio de Janeiro durante o final do século XIX e comenta a relação de Villa com os chorões. O episódio conta com a participação de Paulo Aragão, músico e pesquisador da Casa do Choro, e Guilherme Bernstein, regente de orquestra e professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

A produção do VillaCast foi possível graças ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic), do CNPq, em parceria com o Instituto Brasileiro de Museus.

Sobre o Museu Villa-Lobos
O Museu Villa-Lobos foi fundado em 1960 no Rio de Janeiro por Arminda Neves d'Almeida, viúva de Heitor Villa-Lobos, um ano após a morte do compositor, com a finalidade de conservar seu acervo e divulgar sua obra. Além das exposições, eventos e projetos educacionais organizados pela equipe, o museu realiza anualmente no mês de novembro o Festival Villa-Lobos, no qual são apresentados palestras e concertos gratuitos sobre a obra de Villa-Lobos e de outros compositores brasileiros. Atualmente, o museu é localizado em um casarão tombado do século XIX na Rua Sorocaba, no bairro de Botafogo.

Fonte: MVL

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31