SÃO PAULO, São Paulo - Dando continuidade à programação especial que comemora o aniversário de 110 anos da Pinacoteca de São Paulo, que pertence à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o museu inaugura dia 25 de janeiro a exposição ‘Coleções em diálogo: Museu Paulista e Pinacoteca de São Paulo’, que remete à origem comum de ambas as instituições e às características de suas coleções, já que a Pinacoteca nasce da transferência em 1905 de 20 obras reunidas pelo Estado de São Paulo na galeria artística do Museu Paulista, inaugurado em 1895 e conhecido também como Museu do Ipiranga. A mostra possibilita também ao público ver ou rever importantes peças do Museu Paulista, que atualmente, em função de uma reforma para sua conservação, encontra-se fechado à visitação.

Segundo Valéria Piccoli, curadora da mostra com Fernanda Pitta, esse diálogo pretende reforçar as relações entre os dois acervos, iluminando-os mutualmente. São cerca de 50 obras, entre pinturas, desenhos, fotografias e objetos, assinadas por artistas como Antônio Parreiras, Benedito Calixto, Adrien van Emelen, Oscar Pereira da Silva, João Baptista da Costa, Antônio Ferrigno, Henrique Bernardelli, Rodolfo Amoedo entre outros, que ajudam a compreender essa história comum e seus desdobramentos.

“As duas instituições estão intrinsecamente ligadas em sua criação, mas, ao longo da sua história, desenvolvem suas coleções por caminhos distintos: a Pinacoteca se firmando como um museu de arte, em especial brasileira, e o Museu Paulista como um museu de história, dedicado também à memória e à cultura material. A mostra traz obras de destaque da coleção do Museu Paulista, em especial aquelas de cunho histórico, encomendadas para a decoração do edifício ”, disse Piccoli, também curadora-chefe da Pinacoteca.

Destaque fica para as pinturas ‘Inundação da Várzea do Carmo’ (1892), de Benedito Calixto, a primeira aquisição do governo republicado de São Paulo, e ‘Ciclo da caça ao índio’ (1925), de Henrique Bernardelli, uma das encomendas do então diretor da instituição, Affonso Taunay, para a decoração da escadaria monumental do Museu, e importantes testemunhos da produção artística da virada dos séculos XIX e XX.

A mostra permanece em cartaz até 29 de janeiro de 2017 no 2º andar da Pinacoteca – Praça da Luz, 02. A visitação é aberta de quarta a segunda-feira, das 10 às 17h30 – com permanência até às 18h – e o ingresso custa R$6 (inteira) e R$ 3 (meia). Crianças com menos de 10 e adultos com mais de 60 anos não pagam. Aos sábados a entrada é gratuita para todos os visitantes.

 

Fonte: Pinacoteca do Estado de São Paulo 

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 13/01/2016 - 2 visitas até 11:21h)

 

 

MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Durante a oficina, o projeto dos alunos passarão por todas as etapas de desenvolvimento de uma obra audiovisual 

Estão abertas até o dia 21 de janeiro as inscrições para a oficina “Construindo Projetos Audiovisuais”. Os alunos passarão por todas as etapas do projeto audiovisual, desde o roteiro à comercialização.

O curso tem início no dia 25 de janeiro, com duração de seis meses. A intenção é aprofundar o conhecimento desses profissionais, desde o roteiro e desenvolvimento até a comercialização do projeto audiovisual. Os alunos irão refletir, a partir de análises de obras, filmes, séries e exercícios práticos, sobre os conceitos audiovisuais, além do desenvolvimento da roteirização, parte fundamental para a concretização do projeto.

Além das aulas presenciais, os participantes também poderão ter acesso a vídeos, textos, entrevistas, cases e matérias sobre a área. Solicite a ficha de cadastro, conteúdo programático e o cronograma através do telefone: (31) 3285-2622.

 

SERVIÇO

Local: Casa da Economia Criativa - Santa Rita Durão 1275 – Funcionários - BH

Telefone: (31) 3285-2622

Início: 25 de janeiro

Horário: segundas e terças-feiras, das 9h às 19h.

Inscrições: até 21 de janeiro

Condições de inscrição: 

Entregar à Casa da Economia Criativa do SEBRAE/MG os itens abaixo: 

• O máximo possível de elementos referentes ao projeto em desenvolvimento (sinopse de no mínimo 3 páginas, perfis dos principais personagens e outros anexos considerados pertinentes); 

• Certificado de registro do projeto na Biblioteca Nacional ou comprovante de envio; 

• Ficha de inscrição preenchida (entre em contato com a Casa da Economia Criativa para recebê-la).

Investimento: R$ 1.590,00 por pessoa ou 6 parcelas de R$ 265

Mais informações: http://on.fb.me/1ONk2rW

 

Fonte: SEC MG

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 13/01/2016 - 3 visitas até 11:27h)

DISTRITO FEDERAL, Brasília - Promovida pelos Correios, cerimônia apresentará modelos com as sete maravilhas do município

 O ministro das Comunicações, André Figueiredo, participará do lançamento dos selos comemorativos aos 400 anos de Belém (PA) nesta terça-feira, às 19 horas, no Hangar do Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, na capital paraense. Na cerimônia, promovida pelos Correios, serão apresentados oito modelos da série "Maravilhas de Belém do Pará", que destacam, com mangueiras compondo a imagem de fundo, a marca especial para a data e as sete maravilhas do município: a Estação das Docas, o Mercado Ver o Peso, o Theatro da Paz, o Forte do Castelo, a dança carimbó, o Círio de Nazaré e a fruta açaí.

O evento também contará com a presença do presidente da estatal, Giovanni Queiroz, do governador do Pará, Simão Jatene, e do prefeito da cidade, Zenaldo Coutinho, dentre outras autoridades.

 

Tiragem

A circulação nacional é de 1,6 milhão de selos, ao valor de R$ 1,50 cada, que podem ser adquiridos nas agências dos Correios, na loja virtual (www.correios.com.br/correiosonline) e na Central de Vendas a Distância (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.).

 

Serviço:
Data: 12/01
Horário: 19 horas
Evento: Solenidade de lançamento do Selo Comemorativo dos 400 anos da cidade de Belém.
Local: Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia - Av. Dr. Freitas, s/n, Belém – Pará.

 

Fonte: MC 

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 12/01/2016 -04  visitas até 18:08h)

PARANÁ, Curitiba - Nesta terça-feira (12), foi inaugurada, no Museu Paranaense, a exposição “Cerâmica do Japão – A Geração Emergente do Forno Tradicional Japonês”. A mostra, realizada pela Fundação Japão, apresenta as obras de 35 artistas em atividade nas sete regiões mais representativas dos fornos no Japão. Dentre várias formas, compõem a mostra aquelas que melhor representam a característica da cerâmica japonesa atual. A entrada é gratuita.

Vasilhames são a temática desta exposição, que revela a perspectiva de cada artista na compreensão da funcionalidade do utensílio, assim como a sua visão sobre a situação atual e o futuro da cerâmica japonesa. Com diferentes orientações, alguns artistas mantêm a tradição do país, enquanto outros buscam a criação individual de obras para explorar novas formas. Artistas promissores, com tendência a liderar a próxima geração da arte da cerâmica do Japão. 

Peças de porcelana Arita, Karatsu, Hagi, Bizen, entre vários outros tipos, estarão expostas. A mostra fica em cartaz até 07 de fevereiro de 2016.

 

Serviço:

Exposição Cerâmica do Japão – A Geração Emergente do Forno Tradicional Japonês

Período expositivo: De 12 de janeiro a 07 de fevereiro de 2016

Museu Paranaense

Rua Kellers, 289 – São Francisco. Curitiba-PR 

Visitação: terça a sexta, das 9h às 18h. Sábado e domingo, das 10h às 16h.

Entrada gratuita 

Mais informações: (41) 3304-3300

www.museuparanaense.pr.gov.br 

 

Fonte: SEEC 

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 13/01/2016 - 2 visitas até 11:30h)

SÃO PAULO, São Paulo - A mostra faz parte da programação especial da Belas Artes em homenagem ao aniversário de 90 anos da instituição

O Museu Belas Artes de São Paulo apresenta a Mostra Rotas até o dia 20 de fevereiro.

A exposição reúne criações de Alan Piter, Estúdio Cipó, Gabriel Valdivieso, Estúdio Dlux, Felipe Protti, Gustavo Ferro, Estúdio BRA, Fernanda Spilborghs e Luiz Escañuela, jovens profissionais de várias áreas de formação do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

A Mostra leva o nome Rotas, pois seu intuito é apresentar que a consolidação de uma carreira se dá por meio da construção de um sentido para uma trajetória. “O percurso profissional está associado com um conjunto de ações e escolhas que devem indicar um propósito”, explica Denise Xavier, professora da Instituição e curadora da exposição.

Os nove convidados apesar de estarem em pontos distintos de seus roteiros profissionais apresentam tangências em suas rotas. Ex-alunos da Belas Artes como dado de origem e que de maneira inquieta, crítica e provocativa vêm formulando respostas técnicas e plásticas às demandas da sociedade contemporânea.

A exposição é aberta ao público e também faz parte das comemorações dos 90 da Belas Artes. 

ROTAS
ENTRADA GRATUITA
Visitação: 11/01/2016 a 20/02/2016; seg. a sex., das 10h às 20h / Sáb., das 10h às 16h
(fechado aos domingos e feriados).
Local: Museu Belas Artes de São Paulo (muBA) – Sede
Endereço: Rua Dr. Álvaro Alvim, 76, Vila Mariana, São Paulo – SP
Contato: 55 11 5576 7300
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.muba.com.br / www.belasartes.br

Sobre o Centro Universitário Belas Artes de São Paulo
Fundado em 23 de Setembro de 1925, o Centro Universitário Belas Artes de São Paulo é uma das mais tradicionais instituições de ensino do país. Dividida em mais de 20 unidades, localizadas na Vila Mariana, a instituição é reconhecida pelo ensino com personalidade, e oferece 15 cursos de graduação, 15 de pós-graduação e uma lista completa e dinâmica de cursos livres e de extensão.

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo é a escola ideal para jovens que valorizam a criatividade, a liberdade de expressão e buscam conhecimento com aplicação prática. Esse ambiente criativo e estimulante é proporcionado pelo caráter interdisciplinar dos cursos, pela qualificação dos professores e pela infraestrutura completa oferecida. Estes são aspectos favoráveis à formação diferenciada do futuro profissional, que poderá exercer a carreira escolhida com competência e personalidade.

Fonte: divulgação por e-mail

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 12/01/2016 - 17 visitas até 18:06h)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31