DINAMARCA, Copenhague - A Itália recuperou o Carro Sabino, uma das peças mais antigas de Roma, graças a um acordo histórico com o Museu de Copenhague, na Dinamarca, que abrigava a peça.

O carro com detalhes dourados era muito famoso e usado pelo povo sabino, civilização que vivia na região de Lazio, na Itália, e é datado de 70 d.C. A peça foi exportada ilegalmente e adquirida pelo museu Glyptotek Ny Carlsberg, de Copenhague, em 1971, junto com outros objetos que também pertenciam ao príncipe da época.

O ministro de Bens Culturais da Itália, Dario Franceschini, anunciou o fim da negociação. "O acordo é fruto de um diálogo iniciado na primavera de 2012 e prevê que haja uma maior colaboração científica entre o museu e a Itália", disse.

"O que no começo parecia apenas um acordo político, se transformou em um acordo poderoso e visionário, graças a um intenso diálogo", declarou o diretor do Glyptotek Ny Carlsberg, Flemming Friborg.

Fonte: Agência ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31