COLÔMBIA, Cartagena - A obra mais famosa do Nobel de Literatura colombiano Gabriel García Márquez (1927- 2014), "Cem anos de solidão" completa 50 anos de sua primeira publicação e contará com uma série de comemorações.

A primeira celebração teve início nesta quinta-feira (26) com uma leitura coletiva do livro em Cartagena, na Colômbia. Até o próximo sábado (28), cerca de 60 pessoas lerão, em ciclos de duas horas, trechos do romance.    

"A leitura contará com a participação de 20 personalidades que comparecem ao Hay Festival, 20 autoridades de Cartagena, e 20 cidadãos escolhidos após uma convocatória pública dos organizadores", disse Cristina Fuentes, diretora do Hay Festival.

'Cem anos de solidão', de Gabriel García Márquez

Cartagena foi escolhida como lugar de abertura das comemorações por ser considerada a cidade de García Márquez.    

A obra, que conta a história da família Buendía, foi publicada pela primeira vez em junho de 1967 pela editora Sudamericana de Buenos Aires, na Argentina.    

Gabriel García Márquez nasceu no dia 6 de março de 1927 em Aracataca, no departamento de Magdalena. O escritor cresceu apaixonado por livros. No entanto, em 1947, ele iniciou o curso de direito e de ciências políticas na Universidade Nacional da Colômbia, mas não se formou e seguiu o mundo do jornalismo.    

Em 1982, García Márquez ganhou o prêmio Nobel, e em abril de 2014 morreu no México, onde vivia com a sua esposa, aos 87 anos.    

Durante o ano de 2017 ainda serão realizadas outras atividades para homenagear "Cem anos de solidão", incluindo eventos no Chile, na Argentina, e outros países.

Fonte: ANSA

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31