DISTRITO FEDERAL, Brasília - Nesta época do ano, as ruas e os calçadões da histórica cidade de Pirenópolis (GO) já estariam tomados por devotos e turistas para acompanhar a Festa do Divino Espírito Santo, marcada para acontecer entre os dias 31 de maio de 02 de junho.


Gravações de vídeos e missas poderão ser acompanhadas pela internet (Foto: Iphan/GO)

Mas, pela primeira vez, em mais de 200 anos, a manifestação será vivenciada de um jeito diferente devido à pandemia do novo coronavírus.

Para manter viva a tradição, a Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pirenópolis e detentores se uniram para produzir um documentário chamado Um dia me contaram: Memórias do Divino. São diversos vídeos com depoimentos de antigos imperadores, pastorinhas, integrantes do grupo de salvaguarda e demais pessoas que fazem a festa.

Já as missas em louvor ao Divino Espírito Santo estão sendo transmitidas ao vivo por meio de lives. Os devotos podem acompanhar as gravações dos vídeos e celebrações das missas pelo Facebook e pelo canal do Youtube da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pirenópolis.

Outras manifestações que compõem a Festa do Divino também tiveram de se reinventar, como a chegada da Folia do Divino Espírito Santo, que este ano foi transmitida ao vivo pela internet. A bandeira do Divino foi carregada pelo imperador da Folia a cavalo, por várias ruas da cidade.

Já a tradicional cavalhada de Pirenópolis foi cancelada para evitar aglomerações. Ela reúne cavaleiros mascarados que encenam batalhas medievais entre mouros e cristãos. Para muitos, é considerada o principal espetáculo e sinônimo da Festa porque reúnem o maior público entre todos os eventos dos festejos do Divino de Pirenópolis. Para a comunidade local e para os cavaleiros, as cavalhadas representam também um ato de devoção e renovação da fé no Divino Espírito Santo.

Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis
Uma das principais manifestações de devoção religiosa popular do Brasil, a Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis teve seu primeiro registro em 1819, quando a história local começou a colecionar a lista dos imperadores. A celebração articula o passado ao presente, envolvendo permanentemente toda a cidade.

Reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil desde 2010 pelo Iphan, a Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis é realizada no período de Pentecostes, 50 dias após a Páscoa, e começa com o giro das folias, na zona rural e urbana. Os foliões partem para as visitas levando a bandeira do Divino com o objetivo de recolher donativos, chamar o povo para a festa e levar as bênçãos. Os diversos festejos fazem circular as graças do Divino Espírito Santo, que se multiplicam pelo campo e pela cidade, entrelaçando vizinhos, parentes e turistas.

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31