DISTRITO FEDERAL, Brasília - Literatura de Cordel, Capoeira e Teatro de Bonecos são alguns dos bens culturais que são a cara do Rio Grande do Norte.


Foto: DPI/Iphan

Presentes em vários estados do Nordeste, eles são reconhecidos como Patrimônio Cultural do Brasil e representam parte importante da identidade do povo brasileiro. Durante esse período de pandemia de novo coronavírus e das medidas de distanciamento social, esses bens se reinventam e encontram formas de continuar e até mesmo de expandir sua atuação.

Pensando nisso, os grupos culturais potiguares vêm realizando apresentações e debates com transmissão virtual, nas chamadas lives que se tornaram a grande programação nas casas brasileiras durante a pandemia. Para apoiar e ampliar a visibilidade desse esforço coletivo, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) irá divulgar uma agenda representativa da diversidade dessas ações, reunindo atividades promovidas por detentores na última semana de cada mês.

A ideia é incrementar a agenda cultural online mensalmente, conforme as programações sejam definidas e indicadas ao Iphan pelos próprios grupos detentores, sempre com uma atividade de cada temática: Literatura de Cordel, Capoeira e Teatro de Bonecos – apresentando ao público um pouco da riqueza singular desses bens culturais. A proposta surgiu da necessidade de divulgar as ações e bate-papos que já vinham sendo realizados, a fim de incentivá-los, mas também para mostrar a todo o Brasil um pouco das expressões e manifestações culturais típicas do Nordeste e, mais especificamente, do Rio Grande do Norte.

Bens culturais registrados no RN
O Estado do Rio Grande do Norte possui seis bens culturais registrados pelo Iphan como Patrimônio Cultural do Brasil. São eles: Ofício das Baianas de Acarajé, a Roda de Capoeira, o Ofício dos Mestres de Capoeira, a Festa de Sant’Ana de Caicó, o Teatro de Bonecos Popular do Nordeste e a Literatura de Cordel. A maioria deles possui abrangência nacional, como o caso dos bens relativos à Capoeira, ou regional, como a Literatura de Cordel e o Teatro de Bonecos.

A programação de lives e demais atividades virtuais tem sido uma estratégia importante para esses grupos durante o momento de distanciamento social, onde a internet e as redes sociais têm se consolidado como verdadeiros pontos de encontro e produção de cultura. De diversas maneiras, elas são uma forma de divulgar a atuação dos detentores, estimular seus trabalhos e, em muitos casos, de oportunizar a continuidade de grupos e centros culturais.

Agenda da última semana de maio
Às quartas-feiras, por exemplo, já são sinônimo das trocas em torno da Literatura de Cordel, promovidas pela Estação do Cordel. O grupo vem conduzindo o projeto Cordel em Movimento, que chega, no dia 27 de maio, a sua 10ª edição seguida. O bate-papo da vez será com a cordelista Tonha Mota, presidente da Academia Norte-rio-grandense de Literatura de Cordel.

Também nessa quarta-feira, dia 27 de maio, o Teatro de Bonecos do Nordeste ganha seu espaço em apresentação virtual de Lourdinha Medeiros. Professora, cordelista, artesã e calungueira (forma tradicional de se referir aos bonequeiros e bonequeiras no Rio Grande do Norte), ela irá promover um diálogo destinado às mulheres, com arte, poesia e contação de histórias para debater a arte popular em tempos de crise.

Já no dia 28 de maio será a vez da comunidade capoeirista do Rio Grande do Norte falar sobre o processo de salvaguarda de suas ações, fazendo uma retrospectiva do que foi realizado entre os anos de 2014 a 2020. Conduzido pelo Mestre Perninha, o bate-papo também incentiva a realização de doações para os grupos de capoeira, e será transmitido pela página do Conselho de Mestres de Capoeira do RN no Facebook. Confira:

Agenda
Literatura de Cordel - 27 de maio, às 17h - Bate-papo com a cordelista Tonha Mota - Instagram: Estação do Cordel
Teatro de Bonecos - 27 de maio, às 19h30 - A arte popular em tempos de crise, com a calungueira Lourdinha Medeiros Instagram: Coletivo Lydias Brasileiras
Capoeira - 28 de maio, às 20h - Uma retrospectiva de 2014 a 2020 sobre a Salvaguarda de Capoeira no RN, conduzida pelo Mestre Perninha Facebook: Mestres de Capoeira do RN

Fonte: Iphan

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31