SÃO PAULO, São Paulo - Materiais em diversas plataformas garantem conhecimento e entretenimento durante isolamento social por conta do COVID-19.

Com as funcionalidades proporcionadas pela tecnologia, o período de quarentena, indicado ao maior número de pessoas com o objetivo de evitar o contágio do Coronavírus, torna-se uma oportunidade para, sem sair de casa, estudar, ler e ter novos aprendizados. O Museu da Imigração - instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo - conta com conteúdos digitais e realizará ações especiais nas mídias sociais para garantir ainda mais cultura, descobertas, interatividade e conhecimentos ao público durante seu fechamento temporário.

No Acervo Digital, mais de 250 mil imagens revelam a história da imigração no estado de São Paulo e Brasil por meio de registros de matrículas, listas de bordo, fotografias, cartas de chamada e mais documentos que permitem pesquisas relacionadas aos migrantes atendidos na antiga Hospedaria do Brás. Para facilitar esse encontro de informações, os interessados podem fazer o download gratuito do ebook “Acervo Digital do Museu da Imigração”, desenvolvido com dados sobre a trajetória da instituição, exemplos de como realizar buscas eficientes, resumo dos campos existentes no banco de dados, entre outros.

Em parceria com o Google Arts & Culture, o MI apresenta as exposições virtuais “O Caminho das Coisas”, relatando a experiência de redescobrir histórias de algumas peças da coleção museológica, e “Viagem, sonho e destino”, mostrando as vivências ocorridas no trajeto até o Brasil e na Hospedaria de Imigrantes do Brás. Ainda nessa plataforma, é possível participar de um tour virtual e passear pela exposição de longa duração “Migrar: experiências, memórias e identidades” à distância.

No canal oficial da instituição no YouTube, estão disponíveis trechos de depoimentos da coleção de história oral, entrevistas com descendentes e migrantes de comunidades relacionadas à Festa do Imigrante, experiências de visitantes que encontraram registros dos seus antepassados no Acervo Digital e a série especial #PorDentrodoCPPR com vídeos abordando desenvolvimento de exposições, pesquisa de documentos de família, preservação de indumentária, entre outros assuntos.

Por fim, o site do Museu também é uma fonte de conteúdos digitais, como o Blog do CPPR, com artigos produzidos pela equipe técnica apresentando bastidores, acervo, exposições e debates sobre imigração; os Materiais Educativos, produções do Núcleo Educativo relacionadas às mostras realizadas; o Ontem e Hoje, comparativo de imagens dos espaços do complexo da antiga Hospedaria de Imigrantes do Brás no passado e presente, e a publicação do seminário “Em contato: comunidades, cultura e engajamento”, registrando textos dos participantes dessa programação realizada em parceria com o Horniman Museum & Gardens (Reino Unido) em fevereiro de 2019.

A instituição planeja também a adaptação de exposições temporárias, transformando-as em novas curadorias virtuais e, além disso, pretende disponibilizar diversos materiais educativos para auxiliar no entretenimento das crianças que estão sem aulas nesse período. A equipe segue trabalhando para que as pessoas tenham acesso a todas as informações e irá oferecer, ainda, palestras online que abordarão diferentes assuntos.

Museu da Imigração (Fechado temporariamente)
Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 – Mooca – São Paulo/SP
Tel.: (11) 2692-1866
Funcionamento: de terça a sábado, das 9h às 17h; e aos domingos, das 10h às 17h
R$10 e meia-entrada para estudantes e pessoas acima de 60 anos | Grátis aos sábados

Acessibilidade no local - Bicicletário na calçada da instituição
www.museudaimigracao.org.br

Fonte: MI

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31