RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O Núcleo de Educação do Museu Histórico Nacional segue com o projeto Bonde da História – visitas mediadas voltadas para diferentes faixas etárias e com diversos recortes temáticos.


Visita mediada 'Bondinho da História' (Divulgação/MHN)

Aos sábados acontece a visita mediada “10 objetos que contam a nossa história”. Os monitores destacam peças relevantes de nossa coleção em exposição, de diversas épocas, em um passeio pela história do Brasil. A visita é voltada para os públicos jovem e adulto e acontece nos sábados 7, 14, 21 e 28 de março, sempre às 14h. No dia 21, a visita acontece também em Libras.

No domingo (8), Dia Internacional da Mulher, o destaque é para a representatividade feminina em nosso acervo. Às 14h, o Bonde da História “Museu, memórias e mulheres”, voltado para jovens e adultos, traz à tona o papel das mulheres na história do Brasil a partir de itens da nossa exposição de longa duração.

No mesmo dia, às 15h, o Bondinho da História “Museu, memórias e meninas”, voltada para crianças e jovens (7-14 anos), e acompanhantes, propõe, além da visita, uma roda de conversa sobre mulheres inspiradoras e uma atividade lúdica.

Nova visita mediada
No domingo (15), às 14h, acontece a primeira edição da visita mediada “Religiosidade no Brasil”. Voltada para todos os públicos aborda, a partir de nossa coleção, as diversas crenças e influências religiosas presentes no país – desde os povos originários até as distintas influências das culturas africanas e europeias.

Neste mesmo dia, às 15h, a equipe educativa recebe crianças de 6 a 12 anos, e acompanhantes, para conhecer uma versão diferente sobre a criação do mundo no Bondinho da História. Contação de história e oficina criativa abordam “O mito yorubá de Oxalá na criação do mundo e a prisão no reino de Xangô”.

No domingo (22), às 14h, acontece o Bonde da História “O Rio de Janeiro na exposição do MHN”. A visita, voltada para o público adulto, propõe conexões entre a história do Rio e a do próprio MHN, por meio de itens em exposição e da arquitetura. Neste dia, às 15h, crianças, jovens e acompanhantes são convidados a participar do Bondinho da História “Pintando as memórias do Rio”. Os educadores propõem uma roda de conversa, uma visita temática e uma atividade de pintura no espaço educativo do museu.

No último domingo do mês de março (29), às 14h, o Bonde da História “Mitos e mentiras do Brasil” leva os públicos jovem e adulto a redescobrir momentos importantes relacionados à trajetória do Brasil – marcados por versões historicamente questionáveis.

E às 15h, o Bondinho da História será acessível a crianças (acima de 8 anos) com deficiência visual. A visita mediada por nossos educadores tem com o tema “A história e suas fontes”. Da carta de Pero Vaz de Caminha, ao Dia do Fico passando pelo computador, a proposta é apresentar para o público infantil como se estrutura a história que conhecemos. Após a visita, acontece uma oficina de criação de fontes históricas.

Como participar
Aos finais de semana e feriados, o MHN funciona das 13h às 17h. Não há necessidade de agendamento ou inscrição para participar das visitas mediadas: o encontro com os monitores acontece na recepção do museu nos horários indicados. As atividades têm sessão única e, de acordo com o número de participantes, pode acabar um pouco antes ou depois do horário previsto.

A entrada aos sábados custa R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Confira as gratuidades em nossa página web: https://mhn.museus.gov.br/. Aos domingos a entrada é franca. Há estacionamento gratuito no MHN – respeitando o número de vagas existente.

Mais informações sobre o projeto Bonde da História podem ser obtidas pelo endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (21) 3299.0324 (recepção).

Fonte: MHN/Ibram

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31