RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - O desfile das escolas de samba deste ano no Sambódromo terá um espetáculo lindo de se ver e de ouvir também. A Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD) e da Riotur, disponibilizará, na frisa do Setor 13, o sistema de audiodescrição. O recurso possibilita que, através de fones de ouvido, o deficiente visual acompanhe tudo que acontece na passarela do samba, através da descrição de um profissional, que fica dentro de uma cabine narrando todo o desfile. 

O serviço estará disponível em todos os dias de desfile do Grupo de Acesso e do Grupo Especial, que acontecem nos dias 05, 06, 07 e 08 de fevereiro. E também para o Desfile das Campeãs, que acontecerá no dia 13.

Ao entrar no sambódromo, o deficiente visual receberá um fone de ouvido e por um sinal transmissor, poderá sentir a emoção do desfile, através da descrição das alegorias, das fantasias, dos efeitos especiais e até dos movimentos dos componentes das escolas. Cinquenta fones serão disponibilizados.

- Essa iniciativa faz parte deste novo momento do Rio, que é de respeitar mais e oferecer cada vez mais acessibilidade para as pessoas com deficiência. Nosso objetivo é contribuir para mais esse passo histórico nesse quesito. O carnaval é uma época de alegria e uma festa para ser completa tem que estar disponível para todos os cidadãos - afirma a secretária municipal da Pessoa com Deficiência, Georgette Vidor.

 

Fonte: Prefeitura do RJ

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 22/01/2016 - 10 visitas até 12:05h)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31