SANTA CATARINA, Florianópolis - Os museus administrados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) que estão localizados no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, realizaram 452 eventos ao longo de 2018.

MIS SC (Foto: Márcio Henrique Martins / FCC)

É como se, juntos, o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) e o Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC) realizassem aproximadamente 1,2 evento por dia, contando finais de semana, feriados e as segundas-feiras, dia em que habitualmente estão fechados para manutenção. Destas, 451 ações tiveram entrada gratuita e aberta à comunidade.

No total, as atividades atraíram um público de quase 42 mil pessoas, pelo menos, ao CIC. O número de visitantes das exposições tende a ser cerca de 70% superior ao registrado, uma vez que é pequena a parcela de pessoas que assina o livro de registro presente nas mostras, o que dificulta a contagem real de público. Os Museus estudam a possibilidade de implantar algum sistema eletrônico para contagem de visitantes.

Ambos os museus estão com exposições abertas à visitação durante todo o mês de janeiro. O horário de funcionamento vai de terça-feira a domingo, sempre das 10h às 21h, com entrada gratuita.

MASC
Pelo menos 20 mil pessoas passaram pelos salões do septuagenário museu catarinense em 2018. Entre as atrações que o MASC ofereceu a este amplo público estão 21 exposições de arte, 167 visitas mediadas, 25 oficinas educativas, palestras e debates, 53 atendimentos a pesquisadores e seis edições do projeto Gerações MASC. No total, foram 272 atividades gratuitas voltadas à comunidade.

Com um acervo de mais de 1,8 mil peças, em 2018 novas aquisições permitiram ampliar o número de obras de arte sob a guarda do MASC. Graças ao Prêmio Elisabete Anderle, doações de artistas, comodatos e transferência de bens patrimoniais (como as obras do acervo da extinta CODESC), o Museu conta, agora, com novos trabalhos de Antonio Vargas, Janor Vasconcelos, Giba Duarte, Diego Rayck, Claudio Trindade, Yiftah Peled, Elke Hering, Martinho de Haro, Silvio Pléticos, Eli Heil e Rodrigo de Haro.

MIS
O MIS/SC promoveu um total de 181 eventos somente no ano de 2018, o que corresponde a um evento a cada dois dias, aproximadamente. O Museu também é responsável, junto com a Assessoria de Comunicação da FCC, pelo programa de Rádio MISCUTA, veiculado semanalmente pela Rádio Udesc FM de Florianópolis, que teve 48 edições ao longo do ano.

Toda essa produtividade atraiu um total de 21,9 mil pessoas, pelo menos, às atividades promovidas pelo MIS/SC. A programação incluiu 19 shows e performances audiovisuais; oito exposições (sendo uma itinerante); 142 sessões de filmes, com um total de 391 curtas ou longas exibidos; e 12 oficinas e bate-papos. Todos os eventos tiveram entrada gratuita e aberta à participação da comunidade, com exceção do show MIS Verão, realizado em janeiro.

Fonte: FCC

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31