MINAS GERAIS, Belo Horizonte - O universo museológico será redescoberto na oficina Inventário do invisível, que integra a programação do 11º Festival de Verão da UFMG.

Na atividade, os participantes farão visitas experimentais a museus do Circuito Cultural Praça da Liberdade, em Belo Horizonte. Eles treinarão sua sensibilidade para captar o que passa despercebido nos museus.

“Os participantes produzirão um inventário do invisível, ou seja, vão investigar os elementos sensíveis que nos tocam nesses ambientes, mas que não estão expostos formalmente nem podem ser vistos, como cheiros e outras sensações captadas pelos sentidos”, explica Gabriel Cândido Carneiro, estudante de museologia que vai ministrar a oficina junto com o artista plástico Pierre Fonseca.

A atividade tem início no Espaço do Conhecimento UFMG, primeiro local da imersão. Em seguida, os participantes vão escolher os outros museus localizados na Praça da Liberdade a serem visitados. “O exercício proposto por essa oficina é inédito. Queremos buscar novas relações nos museus. Visitar esse tipo de espaço é uma atividade que pode nos trazer muitas experiências”, afirma Carneiro.

A oficina é destinada a maiores de 16 anos que tenham interesse pelo universo museológico. Mais informações sobre a oficina estão disponíveis na página do evento. A inscrição custa R$ 20 e deve ser feita no site da Fundep.

Vagas: 16
Carga horária: 16 horas
Período: 21 a 23 de fevereiro
Horário: 12h às 17h (dias 21 e 22) e 10h às 13h e 14h às 17h (dia 23)
Local: Espaço do Conhecimento UFMG – 2º andar – sala de oficinas

Fonte: UFMG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31