MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Meio ambiente, periferia, direitos humanos, gênero, identidade e inovação são objeto de discussão de vídeos que começam a ser projetados, hoje, 10, na fachada digital do Espaço do Conhecimento UFMG .

A exibição de Arvorexiste e Educação e cidadania faz parte da chamada temática Ativismos contemporâneos, que selecionou produções audiovisuais que abordam de forma crítica temas de interesse da coletividade.

Arvorexiste combina animações, poemas e dados sobre a presença do verde em Belo Horizonte, com fotos de Elisa Nunes Gonçalvez, idealizadora do projeto. Os cliques registram plantas que nascem e resistem em meio à aridez do concreto nos mais variados espaços da capital mineira. O resultado final pode ser apreciado na Praça da Liberdade até o dia 19 de outubro, das 18h às 22h.

Produzida pelo Centro de Referência da Juventude, a série Educação e cidadania aborda diferentes temas relacionados ao meio urbano, com o intuito de estimular a formação da juventude e a construção de um olhar crítico. A obra será exibida na fachada digital, sempre às 18h30 e às 21h, em três blocos distintos: Diálogos contemporâneos, sertão, tecnologia e inovação e direitos humanos, nos dias 13 e 27 de outubro; Africanidade, água, ativismos e juventude, nos dias 14 e 28; e Gênero e identidade, juventude e periferia e meio ambiente, nos dias 15 e 29.

O Espaço do Conhecimento UFMG fica localizado na Praça da Liberdade, 700, Centro.

Fonte: UFMG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31