MINAS GERAIS, Belo Horizonte - Nos dias 12, 13 e 14 de setembro, sempre às 19h, o escritor e músico José Miguel Wisnik, o físico e curador do Museu do Amanhã, Luiz Alberto Oliveira, e o filósofo Franklin Leopoldo são os convidados do Ciclo de Conferências Mutações – Entre Dois Mundos, no auditório do BDMG Cultural, em Belo Horizonte.

Idealizado pelo filósofo Adauto Novaes, o Ciclo completa 30 anos de trajetória em 2016. Na segunda-feira, dia 12, José Miguel Wisnik apresenta os “Poetas que pensaram o mundo – Drumond e a maquinação do mundo”. No dia 13, o físico Luiz Alberto de Oliveira, curador do Museu do Amanhã, fala sobre as “Novas configurações do mundo”. No dia 14, Franklin Leopoldo e Silva discute o tema “Ética – A antiética da violência”.

As palestras são realizadas de segunda a quarta-feira, sempre às 19h. As inscrições podem ser feitas pelo site www.mutacoes.com.br. Os valores para o ciclo completo são de R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia), e, para inscrição de palestra avulsa, R$ 20 (inteira) e R $10 (meia). Além de Belo Horizonte, o projeto conta com conferências em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador.
 
Palestras
Na conferência de José Miguel Wisnik, a palavra “mundo”, repetida obsessivamente na obra poética de Carlos Drummond de Andrade, é retomada em contraponto com seus bastidores históricos.  Wisnik lembrará que, em 1942, fundou-se a Vale do Rio Doce, com o objetivo de exportar minério de ferro extraído de Itabira, terra natal de Carlos Drummond de Andrade. Isso integrou os bastidores históricos de dois dos poemas cruciais do grande poeta mineiro: “Grande máquina” e “A máquina do mundo”.

O físico e curador do Museu do Amanhã, Luiz Alberto Oliveira, convidará o público pararefletir sobre a experiência de reformatação do pensamento. Segundo ele, a verdadeira mutação, a reconfiguração do mundo é tal “que impelepesquisadores e pensadores a novos conceitos e posturas para dar conta de indeterminações que partem de todos os lados e todos os níveis, do bacteriano ao atmosférico”.
 
Já para Franklin Leopoldo e Silva, independentemente das dificuldades teóricas – e a despeito da possibilidade de consistência a que possamos chegar quanto à relação entre determinações objetivas e liberdade subjetiva –, a ética é uma exigência que diz respeito ao teor de nossa humanidade”. Por isso é que, para os gregos, “o ethos seria uma forma humana de habitar o mundo, a origem e a direção das vidas individual e coletiva, que, por si só, já fundamentaria o seu status de preocupação dominante, que se manifestou de modo direto e indireto, na presença da ética ao longo destes ciclos que completam 30 anos”. Franklin destaca ainda, que, mais do que a degradação do sentido ético-político, do espaço público (em função do interesse privado) e do senso de solidariedade (em função do egoísmo), a sociedade vive a substituição da ética pela violência.
 
Sobre José Miguel Wisnik
José Miguel Wisnik é livre-docente em Literatura Brasileira pela USP, escritor e músico. Escreveu os livros O som e o sentido – Uma outra história da música, Sem receita – ensaios e canções e Veneno remédio – o futebol e o Brasil, além de ensaios para as coletâneas Os sentidos da paixão, O olhar, ética, Poetas que pensaram o mundo, Mutações: elogio à preguiça, Mutações: o futuro não é mais o que era e Mutações: fontes passionais da violência.
 
Sobre Luiz Alberto Oliveira
Luiz Alberto Oliveira é físico e doutor em Cosmologia. Foi pesquisador do Instituto de Cosmologia, Relatividade e Astrofísica (CRA-BR) e do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF/MCTI), onde também atuou como professor de História e Filosofia da Ciência. Professor, palestrante e consultor de diversas instituições, é, atualmente, o curador do Museu do Amanhã do Rio de Janeiro. Escreveu ensaios para as coletâneas Tempo e história, A crise da razão, O avesso da liberdade, O homem-máquina; Ensaios sobre o medo, Mutações: ensaios sobre as novas configurações do mundo, Mutações: a condição humana, Mutações: a experiência do pensamento, Mutações: elogio à preguiça, Mutações: o futuro não é mais o que era e Mutações: fontes passionais da Violência.
 
Sobre Franklin Leopoldo e Silva
Franklin Leopoldo e Silva é professor aposentado do Departamento de Filosofia da USP e professor-visitante da UFSCAR. Escreveu os seguintes livros: Descartes, metafísica da modernidade; Bergson: instituição e discurso filosófico; Ética e literatura em Sartre e Felicidade, dos pré-socráticos aos contemporâneos, além de ensaios para as coletâneas A crise da razão, Tempo e História, O avesso da liberdade, Muito além do espetáculo, O silêncio dos intelectuais, O esquecimento da política, Mutações: ensaios sobre as novas configurações do mundo, Vida, vício, virtude, Mutações: A condição humana, Mutações: a experiência do pensamento, Mutações: elogio à preguiça, Mutações: o futuro não é mais o que era e Mutações: fontes passionais da violência.

Próximas conferências
Nas próximas semanas, o Ciclo receberá os conferencistas Pedro Duarte, Newton Bignotto, Oswaldo Giacoia, Francisco Bosco, Eugênio Bucci, Maria Rita Kehl, Jorge Coli, Renato Lessa e Antônio Cícero. As conferências também serão realizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador. Mais informações e inscrições no site www.mutacoes.com.br. As inscrições para o ciclo completo são de R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia), e, para conferências avulsas, o investimento é de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).
 
Mutações – Entre Dois mundos é uma realização da Artepensamento, com patrocínio da Petrobras e co-patrocínio do BDMG Cultural, do BDMG e do Governo de Minas Gerais, além de apoio da Associação Pró-Cultura Promoção das Artes – APPA e do Institut Français.
 
Próximos Conferencistas e temas – Mutações em Belo Horizonte:

12/09/2016
José Miguel Wisnik
Poetas que pensaram o mundo

13/09/2016
Luiz Alberto Oliveira
Novas configurações do mundo

14/09/2016
Franklin Leopoldo
Ética
 
19/09/2016
Pedro Duarte
A condição humana

20/09/2016
Newton Bignotto
Civilização e barbárie
 
21/09/2016
Oswaldo Giacoia
A crise da Razão
 
26/09/2016
Francisco Bosco
O Homem Máquina

27/09/2016
Eugênio Bucci
Muito além do espetáculo
 
28/09/2016
Maria Rita Kehl
O desejo

03/10/2016
Jorge Coli
Fontes passionais da violência
 
04/10/2016
Renato Lessa
A invenção das crenças

05/10/2016
Antônio Cícero
Artepensamento

SERVIÇO
Ciclo de Conferências Mutações entre dois mundos - 30 anos da experiência do pensamento
Curadoria: Adauto Novaes
Belo Horizonte- – BDMG Cultural
Período: 1º de setembro a 5 de outubro de 2016
Horário: 19h
Local: Auditório do BDMG Cultural - Rua Bernardo Guimarães, nº 1.600 (entre a Rua Espírito Santo e a Rua da Bahia).
 
Conferências às segundas, terças e quartas-feiras.
Dia 12 de setembro – José Miguel Wisnik - Poetas que pensaram o mundo – Drumond e a maquinação do mundo
Dia 13 de setembro – Luiz Alberto Oliveira – Novas configurações do mundo
Dia 14 de setembro – Franklin Leopoldo e Silva – Ética – A antitética da violência
Investimento Ciclo Completo: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)
Conferências avulsas: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
 
Mais informações:
BDMG Cultural – www.bdmgcultural.mg.gov.br ou telefone (31) 3219-8486
APPA – Associação Pró-Cultura e Promoção das Artes pelo telefone (31) 3224-1919, segunda a sexta, das 14h às 17h.

Fonte: SEC MG

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31