RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Casos variados de pessoas desaparecidas encontram espaço crescente nas páginas dos jornais e em mobilizações sociais, sobretudo quando envolvem policiais e outros agentes do Estado. Exemplo disso é o desaparecimento do pedreiro Amarildo de Souza, ocorrido na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, em julho de 2013.

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Localizado em Vila Dois Rios, área de proteção ambiental, o Ecomuseu Ilha Grande da Uerj vem se consolidando como atração turística da Costa Verde. Além da beleza natural, história e cultura estão presentes através dos núcleos Museu do Cárcere, Museu do Meio Ambiente, Centro de Multimídia e Parque Botânico.

RIO DE JANEIRO, Rio de Janeiro - Em comemoração ao centenário de nascimento do museólogo e carnavalesco brasileiro Clóvis Bornay, nascido no município de Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, no dia 10 de janeiro de 1916, o Museu da República (MR) abre hoje (26) à noite a exposição “Clóvis Bornay – 100 Anos”. A mostra ficará aberta ao público até abril.

MINAS GERAIS, Belo Horizonte - A terceira edição da exposição Desfecho, com obras dos formandos do curso de Artes Visuais da Escola de Belas Artes (EBA), pode ser visitada até o dia 10 de fevereiro, na galeria Aretuza Moura do Centro Cultural UFMG. Os temas abordados são Memória, esquecimento e trauma; Arte e participação; Identidade, discursos e sociedade; e Escultura como campo expandido.

MINAS GERAIS, Ouro Preto - Organizada pelos graduandos do 7° período do curso de Museologia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), a exposição Mãos que constroem - dos ofícios, saberes e suas representações será inaugurada dia 29 de janeiro, sexta-feira, às 19h. Sob orientação da Profª Drª Priscilla Arigoni Coelho, a mostra é o resultado da teoria e da prática abordadas na disciplina "Exposição Curricular", com enfoque voltado à elaboração, execução e gestão de projetos museográficos. 

O tema selecionado para a exposição enfoca a riqueza do patrimônio imaterial de Minas Gerais através da apresentação de tradicionais ofícios manuais provenientes da histórica Ouro Preto, cidade que desempenha importante papel como pólo irradiador da cultura mineira.

Serviço:

Exposição: Mãos que constroem - dos ofícios, saberes e suas representações 

Abertura: Auditório do Centro de Educação Aberta e a Distância da UFOP, às 19h.

Data e horário: 29 de janeiro a 29 de fevereiro de 2016, das 9h às 19h.

Local: Sala de Exposições – Escola de Direito, Turismo e Museologia (térreo) - Campus Ouro Preto - UFOP

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Os organizadores do evento informam que haverá recesso no período de 8 a 12 de fevereiro devido às comemorações do Carnaval. 

 

Fonte: Editoria RM (com informações da UFOP)

(Nota do editor: notícia originalmente publicada em 27/01/2016 - 20 visitas até 16:01h)

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30